Fechar
Segunda, 22 de abril de 2024
Segunda, 22 de abril de 2024
Eleições 01/04/2024

Ratinho Junior e Bolsonaro fecham apoio PSD/PL nas principais cidades do Paraná

Acordo foi firmado entre o governador Carlos Massa Ratinho Junior (PSD) e o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) durante reunião em Brasília. Ponta Grossa, Curitiba, Londrina e Maringá estão entre as cidades envolvidas

Ouça a notícia Tempo de leitura aprox. --
Ratinho Junior e Bolsonaro fecham apoio PSD/PL nas principais cidades do Paraná

Uma reunião realizada na semana passada, em Brasília, colocou frente a frente o governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior (PSD), e o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL). Na pauta, as Eleições Municipas de 2024 - mas sem deixar de pensar já nas Eleições Presidenciais de 2026.

A conversa rendeu um amplo leque de apoios envolvendo o grupo político do governador, com o PSD, e o grupo de Bolsonaro, com o PL, englobando as principais cidades paranaenses, incluindo Ponta Grossa, Curitiba, Londrina, Maringá, Cascavel, Foz do Iguaçu, Paranaguá e Campo Largo.

Em Ponta Grossa, depois de uma disputa pelo PL envolvendo a prefeita Elizabeth Schmidt (sem partido), o deputado federal Aliel Machado (federação PV-PT-PCdoB) e o ex-prefeito Marcelo Rangel (PSD), a conversa entre Ratinho Junior e Bolsonaro promete ter colocado um ponto final, fechando questão em torno do candidato do governador, Marcelo Rangel, atual secretário de Inovação de Ratinho.

Em Curitiba, o PL deve ficar com a vaga de vice do candidato do PSD, Eduardo Pimentel, atual secretário das Cidades de Ratinho Junior e vice-prefeito da Capital. 

Em Londrina, o candidato apoiado pelo grupo tende a ser o deputado estadual Tiago Amaral, com as bençãos do deputado federal Filipe Barros (PL), homem forte de Bolsonaro no Paraná. 

Em Maringá, o nome a receber o apoio PSD/PL é o do deputado estadual Delegado Jacovós (PL). Por lá, a atuação de Bolsonaro deve ser bastante incisiva, inclusive, com uma visita durante a campanha.

Em Cascavel, Renato Silva, vice do prefeito Leonaldo Paranhos, é o nome de consenso.

Em Foz do Iguaçu, a candidatura de preferência é a do ex-diretor da Petrobras e da Itaipu, o general Joaquim Silva e Luna. Para isso, ele deverá ingressar nas fileiras do PL.

Em Paranaguá, o candidato deve ser o diretor do Porto, André Pioli, enquanto em Campo Largo o nome forte é o de Christiano Puppi, que está no PP, mas que ainda pode ir para as fileiras do PL.

Desta forma, a união entre Ratinho Junior e Bolsonaro no Paraná tem impacto direto no cenário político-eleitoral em todo o Estado. (Com informações do Blog Politicamente)

 

Foto: EBC