Fechar
Sábado, 15 de junho de 2024
Sábado, 15 de junho de 2024
Cidades 28/03/2023

Paraná é referência em implantação de metodologia BIM

Governo Estadual reúne servidores públicos para qualificação, a atividade acontece hoje (28) e amanhã (29) e reúne mais de 200 pessoas

Ouça a notícia Tempo de leitura aprox. --
Paraná é referência em implantação de metodologia BIM

Nesta terça e quarta-feira (28 e 29) acontece a capacitação de servidores públicos estaduais em BIM (Building Information Modeling), ou Modelagem da Informação da Construção, através do ‘Capacita BIM’. O lançamento do curso aconteceu durante a manhã, na sede do Ministério Público do Paraná, reunindo 205 servidores.

A organização do curso ficou por conta da Escola de Gestão do Paraná, Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística do Paraná (SEIL),  Secretaria de Estado de Inovação, Modernização e Transformação Digital (SEIMT), Universidade Estadual de Londrina (UEL), Procuradoria Geral do Estado (PGE) e o Ministério Público do Paraná (MP).

O objetivo do ‘Capacita BIM’ é qualificar os servidores públicos das áreas técnicas de Arquitetura, Engenharia e Construção do Governo do Estado do Paraná para elaborar, contratar e/ou fiscalizar estudos, projetos e obras utilizando a metodologia BIM, visando atender a Estratégia BIM PR bem como a determinação da Adoção Gradual do BIM nas instituições públicas estaduais e contratações de obras e serviços de arquitetura e engenharia financiadas com recursos do Governo Estadual até 2025.

“A intenção é que a gente comece o processo de capacitação, que tem um conjunto de módulos previsto ao longo deste ano, para iniciar essa transformação digital nas obras públicas. A metodologia BIM é um conjunto de processos que transforma digitalmente o processo de elaboração e construção de obras, construção virtual, onde eu tenho, além do 3D, um conjunto de informações precisas que ajudam a controlar minha obra. No projeto eu passo a ter todas as informações necessárias e adequadas em um único lugar, eu consigo acessar de maneira muito mais ágil, fácil, em um único lugar e modelo, onde tenho todas as disciplinas de engenharia e arquitetura, o que deixa o processo mais transparente, reduzindo tempo e custo”, comenta a diretora de Gestão de Inovação da SEIL, Lorreine Vaccari.

Considerando que o BIM esta envolvido em todo o ciclo de vida do empreendimento, desde o estudo de viabilidade até os processos de manutenção e gerenciamento de ativos, a adoção do BIM é uma forma de garantir maior transparência aos processos licitatórios e otimizar os procedimentos de fiscalização de projetos e obras, bem como, de gestão de ativos.

“O BIM existe desde a década de 70, mas este processo esta ganhando muito mais corpo, velocidade e mais espaço no governo do Estado, que tem a intenção de transformar esse processo internamente. Ele é usado tanto para a empresa pública como a privada, o importante para nós é a relação entre público e privado, pois no Governo do Estado estamos fazendo os servidores se adiantarem e tere, essa possibilidade de implantar uma inovação real, do outro lado temos a iniciativa privada que entra, majoritariamente, como prestadora de serviço no governo do estado do Paraná, por isso é fundamental que os dois estejam juntos”, completa Vaccari.

O Governo do Estado é referência quando se fala de implantação do BIM, contando com projetos pioneiros já executados e outros em andamento. Um dos exemplos é o Aeroporto Sant’ana, no município de Ponta Grossa e a COHAPAR com o condomínio de Idosos. “O BIM esta sendo bem aceito, o Paraná puxa essa frente desde 2014 para a gestão pública, esta mais adiantado, fazendo obras e comprando softwares, trabalhando de forma compatível com a realidade de cada secretaria”, destaca o coordenador de projetos da SEIMT, Thiago Marcelino.

Segundo Thiago a SEIMT tem um papel fundamental nessa capacitação BIM, pois o trabalho também tem que ser Cultural. “Nossa função como Secretaria é divulgar a metologia BIM, levando, principalmente, para esfera pública que não é algo tão complexo é algo simples, que facilita desde a parte da construção da obra até a parte da manutenção, depois que ela já foi executada. Com a metodologia BIM o projeto vai para a obra 100% redondo”, finaliza ele.

Sobre o ‘Capacita BIM'

Os três primeiros módulos do curso estão sendo  ministrados pelo Dr. Hamilton Bonatto (PGE) e pela Arquiteta Lucimara Lima (SEIL), que abordarão os seguintes tópicos: 1.Sensibilização, cujo objetivo é informar e conscientizar gestores e técnicos sobre os avanços da tecnologia no Brasil e no mundo e os benefícios da adoção do BIM; 2.Alinhamento Conceitual, que cobrirá os principais conceitos técnicos relacionados ao tema; e 3.Elaboração de Edital e Termo de Referência para a Contratação de Projetos em BIM, com foco na atuação prática dos servidores. Além dos módulos, o evento contará com a presença de convidados especiais para apresentar os cases de sucesso da COHAPAR e TECPAR. O CAPACITA BIM será realizado das 9h às 17h30.

O que é BIM

BIM ou Modelagem da Informação da Construção é definido como uma metodologia de trabalho baseada em processos colaborativos, multi e interdisciplinares que envolve profissionais de diversas áreas, como Arquitetura e Urbanismo, Engenharias, Tecnologia da Informação e Comunicação, entre outros, por meio do uso de diferentes plataformas tecnológicas que possibilitam a construção virtual e a simulação de empreendimentos.

Os ganhos com o uso do BIM são inúmeros e isso se comprova pelo fato de muitos países tornarem a utilização da metodologia uma obrigatoriedade, a exemplo do Chile, Singapura, Reino Unido, Estados Unidos, entre outros. (Com assessoria)