Fechar
Quinta, 02 de fevereiro de 2023
Quinta, 02 de fevereiro de 2023
Ponta Grossa 09/11/2022

Ponta Grossa terá nova sede da Casa da Mulher

Prefeitura recebe orientações do Governo Federal para implantação de nova sede; edital de licitação para construção deve ser publicado ainda neste mês

Ouça a notícia Tempo de leitura aprox. --
Ponta Grossa terá nova sede da Casa da Mulher

A Prefeitura de Ponta Grossa se reuniu, na última semana, com representantes do Governo Federal para debater a instalação da nova unidade da ‘Casa da Mulher Brasileira’ em Ponta Grossa. A nova estrutura será construída, por meio de um acordo de cooperação entre os governos Municipal, Federal e Estadual e irá ampliar a rede de proteção à mulher no município.

De acordo com a coordenadora do espaço, Camila Calisto Sanches, atualmente, a Prefeitura mantém à Casa da Mulher, que na sua estrutura conta com o Centro de Referência e Atendimento à Mulher (CRAM) e com a Patrulha Maria da Penha (PMP), promovendo o atendimento especializado e humanizado no combate à violência doméstica e intrafamiliar, juntamente com outros equipamentos da Rede de Enfrentamento.

“Estamos localizados próximo da Rodoviária Intermunicipal em uma estrutura provisória. Uma sede permanente consolida o trabalho realizado em prol das mulheres em situação de violência em Ponta Grossa”, disse.

“Recebemos os termos do acordo de cooperação e tivemos a oportunidade de sanar dúvidas em relação ao formato, a equipe mínima para funcionamento no modelo pleiteado e questões administrativas da nova estrutura”, disse a secretária da Família e do Desenvolvimento Social, Tatyana Denise Belo, que lembra que a sede será construída próxima a Arena Multiuso e tem a previsão de publicação do edital de licitação para o mês de dezembro.

“Temos como missão neste mandato a criação de ferramentas que garantam a defesa das mulheres em situação de violência, por isso, buscamos em parcerias com outras instâncias governamentais os recursos necessários para oferecer uma estrutura adequada para este serviço público tão importante”, finaliza Elizabeth. (Com assessoria)