Fechar
Quinta, 02 de fevereiro de 2023
Quinta, 02 de fevereiro de 2023
Ponta Grossa 03/10/2022

Prefeitura prorroga prazo de taxas de funcionamento e ISS-Fixo para 31 de outubro

Medida foi tomada para auxiliar autônomos e empreendedores de PG, devido ao período de retomada da economia

Ouça a notícia Tempo de leitura aprox. --
Prefeitura prorroga prazo de taxas de funcionamento e ISS-Fixo para 31 de outubro

A Prefeitura de Ponta Grossa, através da Secretaria Municipal da Fazenda prorroga o vencimento para pagamento das taxas de Alvará, Vigilância Sanitária e ISS-Fixo de Autônomo, sociedades profissionais, e empresários com atividades financeiras em funcionamento, até dia 31 de outubro.  O pagamento deve ser realizado em parcela única por boleto bancário ou PIX, se for realizado no prazo, o contribuinte terá 20% de desconto para a taxa renovação do alvará.

De acordo com o secretário da Fazenda, Cláudio Grokoviski, o pagamento geralmente ocorre no mês de julho, mas o vencimento foi prorrogado para 31 de outubro, como parte das Medidas Socioeconômicas implementadas pela Prefeitura para auxiliar os empreendedores, dando um fôlego financeiro as empresas.

 “Novamente, como fizemos em 2021 conseguimos prorrogar por três meses o pagamento dessas taxas, para ajudar os empresários a ganhar um fôlego e manter o funcionamento diante da condição econômica atual, se recuperando dos impactos da pandemia. Sabemos que é um momento desafiador para a economia e a prorrogação do vencimento dessas taxas é mais uma forma que a Prefeitura encontrou de colaborar com os empresários e autônomos”, explica Grokoviski.

O secretário informa que as guias para recolhimento estão disponíveis na plataforma on-line da Prefeitura, no Portal do Contribuinte, como também na Praça de Atendimento e na Divisão de Rendas e Atividades Econômicas, localizada no andar térreo da Prefeitura de Ponta Grossa, a partir de desta segunda-feira. “O pagamento da taxa de renovação do alvará dentro do prazo, ou seja, até 31 de outubro dá direito ao desconto de 20% sobre o valor”, comenta.

Para a renovação dessas taxas é indispensável para os contribuintes que atuam como autônomos ou empresas, que mantenham adimplência com o Município e estejam aptos a emitir Certidão Municipal. “O contribuinte que não realizar o recolhimento dos valores até o vencimento ficará em débito com a Prefeitura, podendo ser inscrito em Dívida Ativa”, finaliza Grokoviski.

O acesso ao boleto bancário ou o QR Code para o pagamento por PIX está disponível no site da Prefeitura, no botão IPTU/Dívidas da página inicial, que levará o munícipe para o Portal do Contribuinte, que deve selecionar as opções Débitos e depois Emissão da 2ª via do carnê. (Com assessoria)