Fechar
Segunda, 27 de junho de 2022
Segunda, 27 de junho de 2022
Eleições 16/05/2022

Bolsonaro deixa Aline Sleutjes no vácuo ao declarar apoio a Paulo Martins para o Senado

Presidente da República (PL) prefere o deputado federal Paulo Martins (PL) a deputada federal Aline Sleutjes (Pros) para direcionar apoio no Paraná para a vaga ao Senado. Deputada deve acionar o Plano B

Ouça a notícia Tempo de leitura aprox. --
Bolsonaro deixa Aline Sleutjes no vácuo ao declarar apoio a Paulo Martins para o Senado

Repercutiu bastante a declaração dada pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), na semana passada, durante passagem por Maringá, de que o deputado federal Paulo Martins (PL) é quem tem o seu apoio para concorrer à vaga ao Senado Federal no Paraná.

Tal declaração pode colocar por água abaixo o projeto da deputada federal Aline Sleutjes (Pros), de Castro, em querer ser a candidata apoiada por Bolsonaro para o Senado no Estado.

Aline Sleutjes é defensora ferrenha do presidente. Defende-o cegamente aonde quer que vá, notadamente nas redes sociais, onde os posts com Bolsonaro são figurinhas carimbadas cotidianamente. Entretanto, parece que a recíproca não é tão verdadeira assim.

Afinal, o audacioso projeto da castrense, eleita deputada federal com 33.628 votos em 2018, surfando na onda bolsonarista, depende exclusivamente do apoio do presidente, para tentar buscar surfar novamente até o Senado.

Sem o apoio de Bolsonaro para ser candidata a senadora, Aline vai precisar acionar o Plano B, de buscar a reeleição para a Câmara Federal.

A deputada tende a aumentar a votação conquistada em 2018, depois de uma atuação voltada em defesa do setor agrícola em Brasília. Todavia, precisará deixar a chapa do Pros competitiva, para que o partido consiga garantir ao menos uma cadeira na Câmara Federal nas eleições deste ano. Caso contrário, terá dificuldades para se reeleger.

 

Foto: EBC