Fechar
Segunda, 27 de junho de 2022
Segunda, 27 de junho de 2022
Eleições 06/05/2022

TSE lança nova versão do e-Título para as Eleições 2022

Agora, app traz conferência dos dados do eleitor com biometria e funcionalidade que reduz o impacto nos serviços em períodos de grande procura

Ouça a notícia Tempo de leitura aprox. --
TSE lança nova versão do e-Título para as Eleições 2022

Nas Eleições Gerais de 2022, as eleitoras e os eleitores terão acesso à nova versão do e-Título. Neste momento, dos 25 milhões de usuários da base de dados do sistema, cerca de 0,1% serão escolhidos, de forma aleatória, para testar o modelo, que traz funcionalidades inovadoras. Contudo, a intenção é que ela seja disponibilizada a todo o eleitorado até o pleito deste ano, em outubro.

Entre as inovações implementadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), está o aprimoramento da conferência dos dados do eleitor com biometria, a redução do impacto nos serviços em períodos de grande procura pelos eleitores, e uma nova central de notificações.

A versão ainda traz aprimoramentos relacionados à acessibilidade, inclusive com alteração das cores do app, garantindo melhor experiência para os usuários.

Avanços

Entre as novidades, está a opção “Cartório Lotado”, funcionalidade de controle de fluxo de acesso nos principais serviços ao eleitor. Caso haja grande número de solicitações, o eleitor entrará numa espécie de fila de espera e, quando tentar novamente acessar o serviço, terá preferência no atendimento.

Segundo Iuri Camargo Kisovec, da Assessoria de Gestão de Identificação do TSE, uma das principais novidades é a adaptação das telas e a mudança de cores para atender a melhores práticas de acessibilidade. “Em especial a alteração de cor da tela, do verde para o azul, melhor para pessoas que tenham algum tipo de deficiência visual, como o daltonismo”, ressalta.

Outro avanço incorporado ao aplicativo é a conferência por biometria para aumentar ainda mais a segurança na identificação do eleitor. Ela vai funcionar a partir da coleta de dados biométricos da face e das digitais, que serão comparadas com o banco de dados do TSE.

A versão beta apresenta ainda evolução na funcionalidade de notificações, que permitirá o registro histórico dos avisos recebidos pelo usuário. (Com assessoria)