Fechar
Sábado, 23 de outubro de 2021
Sábado, 23 de outubro de 2021
Política 16/09/2021

Bakri destaca investimento de R$ 566 milhões no programa Educação para o Futuro

Por unanimidade, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa aprovou na quarta-feira (15) projeto de lei para colocar em prática no Paraná o Programa Educação para o Futuro

Ouça a notícia Ouça a notícia – Tempo de leitura aprox. --
Bakri destaca investimento de R$ 566 milhões no programa Educação para o Futuro

Por unanimidade, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa aprovou na quarta-feira (15) projeto de lei para colocar em prática no Paraná o Programa Educação para o Futuro.

A proposta autoriza o Governo Ratinho Junior a financiar US$ 90,6 milhões junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), que, com uma contrapartida de US$ 22,6 milhões do Estado, totalizarão R$ 566 milhões de investimento. 

Ao implantar mudanças pedagógicas e inserir tecnologias educacionais de ponta no currículo, pretende-se elevar a frequência e reduzir o abandono escolar, modernizar o processo de ensino e aprendizagem; além de fortalecer e expandir a Educação Profissional de nível médio.

O programa prevê ainda a reforma de 150 escolas e a construção de 5 novos colégios modelo em Cascavel, Ponta Grossa, Fazenda Rio Grande, Curitiba e São José dos Pinhais.  

“A educação exige investimentos constantemente para solucionar questões de infraestrutura das escolas e também para se adaptar às modernidades que surgem numa velocidade incrível. O secretário Renato Feder está atento a tudo isso, tanto que o Paraná já subiu para o 4º lugar do IDEB e logo chegará ao 1º lugar”, ressaltou o deputado Hussein Bakri, que é Líder do Governo e Presidente da Comissão de Educação da Assembleia.

Líder do PT, o deputado Tadeu Veneri elogiou o Educação para o Futuro: “Somos da bancada de oposição, mas esperamos que o programa dê certo. Todo projeto que venha buscar melhorias na educação sempre será olhado com bons olhos”.

Com votação do empréstimo prevista em plenário para a próxima semana, o novo programa educacional terá início em janeiro do ano que vem. (Com assessoria)