Fechar
Sábado, 15 de junho de 2024
Sábado, 15 de junho de 2024
TV Doc 31/05/2024

Nota máxima no CAPAG possibilita mais recursos para obras, diz Cláudio Grokoviski

O secretário da Fazenda de Ponta Grossa explica em entrevista no Doc.com o que representa o fato do Município ter conquistado pelo 4º ano consecutivo a nota A em avaliação do Tesouro Nacional

Ouça a notícia Tempo de leitura aprox. --
Nota máxima no CAPAG possibilita mais recursos para obras, diz Cláudio Grokoviski

O programa Doc.com recebeu nesta semana o secretário municipal da Fazenda, Cláudio Grokoviski. Na conversa com o jornalista Eduardo Farias, ele fala sobre o atual cenário financeiro da Prefeitura de Ponta Grossa. Na última terça-feira (28), o secretário participou de uma audiência pública na Câmara Municipal, como determina a Lei de Responsabilidade Fiscal, para expor aos vereadores e à população os números do primeiro quadrimestre de 2024.

De acordo com Grokoviski, os resultados são positivos, com o Município ficando bem abaixo do limite prudencial de gastos com a folha de pagamento dos mais de 8 mil servidores municipais. Historicamente, os gestores apresentaram dificuldades em ficar abaixo dos 54% do Orçamento do Município, previsto em lei. O índice está em 46%.

Esse número é reflexo do aumento da receita e, também, da redução de gastos com pessoal. O secretário explica que o Programa de Demissão Voluntária, estabelecido pela prefeita Elizabeth Schmidt, é um dos fatores que colaboraram para a diminuição do índice de despesa com servidores. "Conseguimos aumentar a receita sem elevar impostos e taxas", frisa Grokoviski.

A folha de pagamento mensal da Prefeitura de Ponta Grossa gira em torno de R$ 50 milhões em valores brutos, contando os gastos com impostos, e ficando em cerca de R$ 31 milhões líquidos.

Outros números destacados pelo secretário são os investimentos em Educação e Saúde no primeiro quadrimestre. A primeira teve mais de R$ 100 milhões em recursos, enquanto a segunda teve mais de R$ 78 milhões investidos nos primeiros quatro meses de 2024.

Grokoviski explica também a conquista, pelo quarto ano seguido, da nota máxima alcançada pela Prefeitura na gestão financeira, o chamado CAPAG A. Ponta Grossa é uma das três grandes cidades paranaenses a obter essa nota. CAPAG, ou Capacidade de Pagamento, é uma metodologia criada pelo Tesouro Nacional, do Ministério da Fazenda, que avalia a situação fiscal dos entes públicos que querem contrair novos empréstimos com garantia da União.

Conforme o secretário, para os contribuintes, que pagam seus impostos e esperam serviços e obras da administração municipal, o CAPAG A representa uma maior capacidade de investimento por parte do Município, com a obtenção de crédito.

"Conquistar o CAPAG A é importante para que a Prefeitura possa fazer as operações de crédito necessárias para ampliar os serviços prestados à população e realizar obras, com as de pavimentação", ressalta Grokoviski, enfatizando que o CAPAG A é resultado do trabalho desempenhado por toda a equipe da Secretaria da Fazenda, sob a liderança da prefeita Elizabeth Schmidt.

Assista a entrevista na íntegra: