Fechar
Sábado, 15 de junho de 2024
Sábado, 15 de junho de 2024
Ponta Grossa 17/05/2024

Guardas municipais começam a usar câmeras de vídeo nos uniformes

Equipamento é utilizado na polícia da cidade de São Paulo. Ele garante mais segurança física e jurídica para os profissionais e também uma maior supervisão na abordagem aos munícipes

Ouça a notícia Tempo de leitura aprox. --
Guardas municipais começam a usar câmeras de vídeo nos uniformes

A Guarda Municipal de Ponta Grossa inicia a utilização de bodycam, ou seja, câmeras de vídeo em seus uniformes, durante o expediente externo, no exercício da função de policiamento. O equipamento garante mais segurança física e jurídica para os profissionais e também uma maior supervisão na abordagem aos munícipes.

A prefeita Elizabeth Schmidt reforça que a Guarda Municipal atua na segurança pública de Ponta Grossa, no auxílio das demais forças de segurança da cidade e, por isso, deve estar bem equipada para um melhor serviço prestado à sociedade.

“Nos últimos anos investimos mais de R$ 18 milhões na Guarda Municipal, tendo como ponto prioritário o investimento em tecnologia para um trabalho mais efetivo e seguro para a população e para os próprios guardas”, destaca Elizabeth.

A Prefeitura está colocando o sistema em funcionamento pois o uso da tecnologia será essencial para avançar ainda mais na proteção dos cidadãos e dos agentes de segurança pública, reduzindo os casos de violência contra os guardas. Os dispositivos contam com recursos como localização por GPS e alerta de disparo de arma de fogo. Além disso, as câmeras vão criar registros das ocorrências atendidas, auxiliando a justiça.

A secretária municipal Tânia Sviercoski comenta que já estão em funcionamento 12 bodycams, em um modelo avançado que utiliza a mesma tecnologia da polícia estadunidense e da cidade de São Paulo.

“O equipamento tem autonomia de 12 horas de bateria, qualidade de imagem full HD, software de gerenciamento das imagens, é capaz de garantir a chamada ‘cadeia de custódia’ que é a garantia de que a prova não foi alterada e registra todos os logs de acesso”, explica.

O registro acontece também em relação aos áudios no momento das ações. Tânia ressalta que vários microfones trabalham juntos para capturar áudio nítido, com algoritmos otimizados para cenários policiais e também ferramentas de localização para auxiliar o acompanhamento das equipes pala Central da Guarda Municipal.

“Entendemos que a tecnologia é uma ferramenta importante para proteger os profissionais e as evidências das ações da Guarda Municipal”, diz a secretária. De acordo com a Secretaria Municipal de Cidadania e Segurança Pública, o equipamento é fruto de um termo de cooperação técnica, sem custo para o Município, em um prazo de 120 dias. (Com assessoria)