Fechar
Segunda, 20 de maio de 2024
Segunda, 20 de maio de 2024
Política 13/05/2024

Elizabeth reivindica Delegacia de Homicídios ao Governo do Estado

Prefeita também recebeu a confirmação do governador em exercício, Darci Piana, da construção de uma Delegacia Cidadã na cidade, com investimento de R$ 9 milhões

Ouça a notícia Tempo de leitura aprox. --
Elizabeth reivindica Delegacia de Homicídios ao Governo do Estado

Nesta segunda-feira (13), a prefeita Elizabeth Schmidt esteve em Curitiba para tratar da vinda de uma Delegacia de Homicídios para Ponta Grossa. Elizabeth entregou o pedido em mãos ao governador em exercício, Darci Piana, encaminhou também à Secretaria de Estado da Segurança Pública, e realizou uma reunião com o deputado estadual Tito Barrichello, para apoiar o Município na obtenção desta delegacia. Além deste pleito, a prefeita também validou com o governador em exercício a confirmação da construção de uma Delegacia Cidadã em Ponta Grossa, com invesimento de R$ 9 milhões.

De acordo com a prefeita, a necessidade de ter uma Delegacia de Homicídios em Ponta Grossa foi definida em reunião do Gabinete de Gestão Integrada, em razão do aumento de homicídios na cidade. Além disso, Elizabeth comenta que conversou sobre o tema com o governador em exercício, Darcy Piana.

“Ponta Grossa precisa de uma delegacia especializada em homicídios, que tenha estrutura própria com delegados e investigadores. Além da quantidade crescente de homicídios, contamos com uma população de mais de 350 mil habitantes, o que já comporta esta importante ferramenta para a elucidação de crimes, como já existem em Curitiba, Maringá e Londrina”, apontou Elizabeth para o deputado, destacando que esta é uma solicitação dos representantes de todos os órgãos de segurança pública de Ponta Grossa.

Barrichello comentou que segurança pública é a principal pauta do parlamentar na Assembleia Legislativa do Paraná. Ele conta que a maior parte dos homicídios em Curitiba é ligada com facções criminosas e a partir do momento que se tem uma delegacia especializada, o enfrentamento é muito maior para estas organizações.

“Temos ciência do número elevado de crimes, em Ponta Grossa, vinculados ao tráfico de drogas e com esta delegacia, sem dúvida nenhuma, será possivel realizar uma investigação mais profícua. Isso não significa que as delegacias tradicionais, não façam seu trabalho, mas uma delegacia especializada trabalhará com mais eficiência do que a que atende diversos tipos de casos. Parabéns para a prefeita Elizabeth pela iniciativa e vamos trabalhar enquanto deputado para esta implementação, junto ao governo do estado, porque quem ganha é a cidade paranaense e em especial a cidade de Ponta Grossa”, disse o deputado estadual.

Segundo levantamento efetuado pelas forças de segurança pública de Ponta Grossa, em 2021 foram registrados 78 homicídios, em 2022 foram 76, em 2023 chegou a 74 e em 2024, nos primeiros cinco meses do ano, foram 34 homicídios.

“O Governo do Estado precisa olhar com mais atenção para a nossa cidade e trazer mais estrutura para que seja possível dar conta dessa demanda com o aumento da população e o desenvolvimento de Ponta Grossa e, por consequência, o crescimento no número de homicídios”, finaliza Elizabeth. (Com assessoria)

Homicídios em Ponta Grossa

2021: 77 + 1 feminicídio = 78

2022: 76 homicídios

2023: 74 homicídios

2024: 32 + 2 feminicídios = 34