Fechar
Segunda, 20 de maio de 2024
Segunda, 20 de maio de 2024
Ponta Grossa 09/05/2024

Prefeitura e forças de segurança discutem alternativas para conter homicídios em PG

Encontro debateu a necessidade da implantação de uma Delegacia de Homicídios no Município

Ouça a notícia Tempo de leitura aprox. --
Prefeitura e forças de segurança discutem alternativas para conter homicídios em PG

A Prefeitura de Ponta Grossa realizou na tarde de ontem (7) uma reunião do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM). Durante o encontro, o grupo, composto por representantes das forças de segurança, da Defesa Civil e da Assistência Social do Município, discutiu sobre a importância de uma Delegacia de Homicídios na cidade, bem como da necessidade do Governo do Estado contar com uma unidade de internação para adolescentes de alta periculosidade, que cometeram homicídios.

A prefeita Elizabeth Schmidt aponta que o Gabinete de Gestão Integrada Municipal cumpre um importante papel de pensar, debater e encontrar soluções para a segurança pública em Ponta Grossa.

“A atuação integrada dos órgãos do Município com as demais forças de segurança, e a parceria com a comunidade possibilitam saídas viáveis para conter a criminalidade. O trabalho conjunto é um exemplo para todo o Paraná e tem rendido bons resultados na segurança da nossa cidade e na proteção da nossa população”, disse Elizabeth.

A secretária de Cidadania e Segurança Pública, Tânia Sviercoski, relata que entre os assuntos debatidos o grupo entendeu que Ponta Grossa comporta a instalação de uma Delegacia de Homicídios, visando que a Polícia Civil tenha mais estrutura por parte do Governo do Estado para os trabalhos de investigação de crimes contra a vida na cidade.

“Concluímos também pela necessidade do Governo do Estado ter uma unidade de internação que receba adolescentes de alta periculosidade, notadamente, porque grande parte dos crimes de homicídio ocorridos em Ponta Grossa foram praticados por adolescentes”, disse Tânia, que ressaltou que a estrutura oferecida hoje na cidade pelo Estado é insuficiente para a quantidade de casos registrados.

Considerando a presença de representantes de todos os órgãos de segurança pública do município, também foram discutidas na reunião ações de apoio às vítimas do Rio Grande do Sul, em iniciativas de arrecadação de alimentos, produtos de limpeza, colchões, entre outros itens para a doação, como também o envio de reforço para trabalho de buscas de sobreviventes da catástrofe ocorrida no estado gaúcho.

Além dos integrantes do Gabinete de Gestão Integrada participaram como convidados da reunião: Marcelo Arthur Fielder, diretor de Relações Governamentais Sul, e do gerente de prevenção da empresa RUMO, Alecir  Lazarotto.

“Na oportunidade foram alinhadas ações preventivas e educativas para redução de acidentes nas linhas de trem em Ponta Grossa”, finaliza a secretária municipal da Cidadania e Segurança Pública. (Com assessoria)