Fechar
Segunda, 22 de abril de 2024
Segunda, 22 de abril de 2024
Cidades 02/04/2024

Estado contrata conservação para 124 km de estradas rurais de Ponta Grossa e região

O trecho da PR-513 fica em praticamente todo no território de Ponta Grossa, com um pequeno segmento em Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC)

Ouça a notícia Tempo de leitura aprox. --
Estado contrata conservação para 124 km de estradas rurais de Ponta Grossa e região

O Governo do Estado, por meio do Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR), contratou a conservação de trechos não pavimentados da PR-090 e PR-513 em um total de 124,17 quilômetros, pelo prazo de dois anos. O investimento é de R$ 15.999.999,97.

O trecho da PR-513 fica em praticamente todo no território de Ponta Grossa, nos Campos Gerais, com um pequeno segmento em Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Neste mesmo segmento a rodovia faz ligação com o trecho atendido da PR-090, que vai de Campo Largo até Piraí do Sul, também nos Campos Gerais.

Serão executados rotineiramente os serviços de regularização de leito/patrolamento; retaludamento; escavação de vala lateral rasa com motoniveladora; escarificação, conformação e compactação do subleito; construção de saídas d’água; construção de caixa de retenção; implantação de bueiro de transposição; escavação de valas; e cascalhamento, entre outros.

Pouco mais da metade do valor do contrato é dedicado somente aos serviços de cascalhamento, em que é adicionada uma nova camada de material de jazida comercial sobre o leito das estradas, espalhado por motoniveladora e compactado. Este serviço protege e dá melhor suporte ao leito, aumentando sua vida útil e garantindo melhores condições de trafegabilidade mesmo em condições climáticas não favoráveis.

DER/PR assina contrato de R$ 56,9 milhões para pavimentação de rodovia em Doutor Ulysses
Pavimentação em concreto da PRC-280 entre Palmas e Clevelândia começa neste mês

Também está previsto que os serviços de melhorias do sistema de drenagem da rodovia sejam todos executados ainda no primeiro ano, assegurando que as rodovias estejam em boas condições para os períodos de chuvas o mais breve possível.

Com o contrato assinado, agora será emitida a ordem de serviço, que estabelece a data de início do prazo de execução contratual. Nas primeiras semanas a contratada deve mobilizar pessoal, equipamentos e insumos, além de implantar um canteiro de obras. (Com assessoria)