Fechar
Segunda, 22 de abril de 2024
Segunda, 22 de abril de 2024
Eventos 18/02/2024

Raça Negra e Amado Batista emocionam mais de 100 mil fãs em shows no Litoral

Na praia de Caiobá, o Raça Negra, um dos maiores ícones do pagode, encantou uma plateia de 110 mil pessoas. Em Pontal do Paraná, Amado Batista animou 18 mil pessoas

Ouça a notícia Ouça a notícia – Tempo de leitura aprox. --
Raça Negra e Amado Batista emocionam mais de 100 mil fãs em shows no Litoral

Os palcos de Matinhos e Pontal do Paraná foram tomados pela emoção e por alguns dos maiores hits da música romântica brasileira na noite deste sábado (17), quando Raça Negra e Amado Batista tocaram para 128 mil pessoas de todas as idades no Litoral do Estado.

As apresentações encerraram o penúltimo final de semana da programação de grandes shows do Verão Maior Paraná, que ainda receberá Henrique e Diego, Zé Felipe e Zezé di Camargo e Luciano.

Na praia de Caiobá, o Raça Negra, um dos maiores ícones do pagode, encantou uma plateia de 110 mil pessoas. O grupo de mais de 40 anos de carreira embalou a noite com grandes sucessos do pagode romântico. "Cheia de Manias", "É Tarde Demais" e "Vida Cigana" foram entoadas em uníssono, lavando a alma do público, que resistiu à chuva para acompanhar a apresentação.

Luiz Carlos, líder do Raça Negra, disse que se impressionou com a energia do público e com a estrutura do Litoral do Estado. “A gente vê que Matinhos e região está se desenvolvendo e que, a cada ano, muito mais gente vai vir aqui conhecer estas praias. Com esse festival, o Paraná mostrou uma visão para o futuro”, disse o cantor.

A apresentação do Raça Negra era uma das mais aguardadas da temporada, a ponto de atrair fãs de fora do Brasil que viajaram 20 horas para assistir ao show. Foi o caso de Iris Corbalán, que saiu de Assunção, capital do Paraguai, rumo a Matinhos para ver os ídolos.

“Cheguei às 8h da manhã para pegar um bom lugar para vê-los. É a segunda vez que acompanho um show deles, mas é a primeira que consegui ficar tão perto”, comemorou.

Iolete Maia, que nasceu em Belém, no Pará, mas que atualmente mora em Curitiba, disse que assistir a um show do Raça Negra foi a realização de um sonho. “Sou muito fã, mas nunca tive a oportunidade de ir a um show deles. É algo que estou conseguindo fazer só hoje, aos 45 anos de idade”, contou.

Clima de festa

Em Pontal do Paraná, o público também acompanhou com animação a outro grande show da programação do Verão Maior Paraná neste sábado. Amado Batista arrastou 18 mil pessoas ao Centro de Eventos Miramar. A apresentação aconteceu em clima de festa, já que o cantor completou 73 anos de idade na noite deste sábado.

Além dos parabéns ao artista, que foi presenteado com um bolo e assoprou as velinhas do alto do palco, a multidão também cantou em coro os sucessos “Secretária”, “Folha Seca” e “Seresteiro da Noite”, assim como na noite anterior, em Matinhos.

“É um prazer muito grande sempre vir ao Paraná. Estive em Matinhos ontem e hoje aqui em Pontal. As pessoas sempre recebem a gente com tanto carinho, que é emocionante estar cantando para todo mundo. Como eu digo sempre, o amor não tem idade”, disse o cantor.

O fiel público do artista aprovou a apresentação, especialmente a gaúcha Cleusa Maria da Silva Martins, que divide a data de aniversário com o cantor, e foi até o show para comemorar os 60 anos completos na noite deste sábado. “A gente se programou de vir de Palmeira das Missões, no Rio Grande do Sul, para assistir o show do Amado, um artista que eu sou fã há muitos anos”, disse.

Organização

Além da programação variada dos shows, a organização e a segurança do evento têm chamado a atenção do público. “A gente pode vir aqui, se divertir, curtir um show se sentindo seguro, além de poder tomar um belo banho de mar nas nossas praias”, disse Maria Souza, professora de Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba, que também foi a Pontal do Paraná para ver Amado Batista.

A opinião é compartilhada por quem esteve em Caiobá no show do Raça Negra. “É o primeiro show que vejo aqui nessa temporada, está tudo muito bem organizado, estou gostando bastante”, contou Kauana Martins, de Curitiba.

Verão Maior Paraná

O Verão Maior Paraná reuniu uma série de ações voltadas aos veranistas e moradores dos municípios do Litoral, além de Porto Rico e São Pedro do Paraná, no Noroeste. Foram ofertadas atividades esportivas e de lazer que incluíram aulas de ginástica, dança, caminhadas, recreação infantil, shows, torneios e competições nacionais e internacionais, programação inclusiva e educação ambiental.

Além do reforço na segurança, a agenda continua até o final de fevereiro com shows de grandes sucessos nacionais em Matinhos e Pontal do Paraná. Veja a programação no site www.verao.pr.gov.br. (Com assessoria)