Fechar
Domingo, 25 de fevereiro de 2024
Domingo, 25 de fevereiro de 2024
Cidades 09/02/2024

Carnaval terá água própria para banho nas praias do Paraná, aponta último boletim do IAT

Oitavo e último boletim da temporada 2023/2024 do Verão Maior Paraná aponta que 57 dos 66 locais monitorados no Estado estão em condições adequadas para uso

Ouça a notícia Ouça a notícia – Tempo de leitura aprox. --
Carnaval terá água própria para banho nas praias do Paraná, aponta último boletim do IAT

O Paraná chega ao feriado prolongado de Carnaval com 86% das praias e rios classificados como próprios para banho. De acordo com o oitavo boletim de balneabilidade, divulgado nesta sexta-feira (9) pelo Instituto Água e Terra (IAT), 57 dos 66 locais monitorados no Estado estão em condições adequadas para uso. O índice é levemente superior ao registrado na semana passada (85%).

Este é o último levantamento realizado pelo órgão ambiental durante a temporada 2023/2024 do Verão Maior Paraná – os boletins começaram a ser publicados semanalmente a partir de 22 de dezembro. Em janeiro o índice chegou a 91%, entre os mais altos do País.

“Finalizamos esta temporada com números significativos. Apesar das chuvas intensas e de algumas cheias na região, em nenhum momento a balneabilidade das águas do Estado teve índice inferior a 80%. Diante desse cenário, podemos garantir que as praias do Paraná estão entre as mais limpas do País”, destaca o diretor-presidente do IAT, Everton Souza.

Região bastante procurada por turistas nesta época do ano, o Litoral agora conta com 43 pontos com água apropriada para banho com a inclusão da bandeira azul no trecho em frente à Rua Alois Cicatka, na praia central de Guaratuba. O monitoramento do IAT alcança 49 localidades nos municípios de Matinhos, Guaratuba, Pontal do Paraná, Antonina, Morretes e Paranaguá (Ilha do Mel).

Já os seis locais impróprios estão na Ponta da Pita, em Antonina; no trecho de 250 metros à direita do trapiche da Praia de Encantadas, na Ilha do Mel; nos pontos das ruas São Luiz e Paraná, no balneário de Ipanema, em Pontal do Paraná; à esquerda do Rio Matinhos, no balneário de Flamingo, e na altura da Rua Alvorada, em Caiobá, ambos em Matinhos.

As demais localidades que aparecem como impróprias são concentradas na foz dos rios que cortam o Litoral e que nunca são indicados para banhos ou práticas esportivas. O IAT, inclusive, nem faz a medição desses pontos.

Costas Oeste e Norte

Nas prainhas de água doce do Interior, dos 17 pontos avaliados, 14 foram considerados adequados (82%). Os balneários de Foz do Iguaçu, Santa Terezinha de Itaipu, Santa Helena, Itaipulândia, Missal e Marechal Cândido Rondon estão 100% próprios para banho. Na região Norte, o terminal turístico de Primeiro de Maio, no Rio Paranapanema, também tem bom índice de balneabilidade.

Houve uma única alteração no comparativo com o boletim da semana passada. Um ponto em Santa Helena voltou a receber bandeira azul, enquanto uma área em Entre Rios do Oeste passou a ser considerada inadequada para banhistas e esportistas.

Monitoramento

Os boletins de balneabilidade foram disponibilizados semanalmente pelo IAT, durante a temporada de verão, quando há maior fluxo de banhistas nos locais monitorados. As amostras de água são coletadas nas segundas-feiras e analisadas durante a semana no laboratório do instituto, em Curitiba. Ao longo desta temporada, foram emitidos oito boletins, entre dezembro e fevereiro.

O monitoramento das águas verifica se há contaminação por esgoto sanitário clandestino e indica a possibilidade de uso dos espaços públicos para atividades de lazer, como natação, mergulho e esqui aquático. Para isso, é utilizado o indicador Escherichia coli, uma bactéria existente no intestino dos seres humanos e animais de sangue quente. Quanto maior o número dessa bactéria na água, maior será a quantidade de esgoto e, consequentemente, maior a probabilidade da existência de organismos causadores de doenças.

Para saber os pontos monitorados e a qualidade da água indicada, basta acessar o site www.iat.pr.gov.br, no menu Monitoramento/Balneabilidade, ou ainda baixar o APP “Balneabilidade Paraná”, disponível para celular Android no Google Play.

Verão Maior Paraná

O Verão Maior Paraná reuniu uma série de ações voltadas aos veranistas e moradores dos municípios do Litoral, além de Porto Rico e São Pedro do Paraná, no Noroeste.

Foram ofertadas atividades esportivas e de lazer que incluíram aulas de ginástica, dança, caminhadas, recreação infantil, shows, torneios e competições nacionais e internacionais, programação inclusiva e educação ambiental. Além do reforço na segurança, a agenda continua até o final de fevereiro com shows de grandes sucessos nacionais em Matinhos e Pontal do Paraná. Veja a programação no site www.verao.pr.gov.br. (Com assessoria)