Fechar
Domingo, 14 de julho de 2024
Domingo, 14 de julho de 2024
Cidades 01/06/2023

Governador apresenta potenciais turísticos do Paraná na abertura do Festival das Cataratas

O evento iniciou na quarta-feira (31) e segue até a sexta-feira (2) em Foz do Iguaçu, no Oeste do Estado, com a expectativa de receber 8 mil visitantes

Ouça a notícia Ouça a notícia – Tempo de leitura aprox. --
Governador apresenta potenciais turísticos do Paraná na abertura do Festival das Cataratas

O governador Carlos Massa Ratinho Junior apresentou uma série de ações do Estado voltadas ao turismo paranaense e destacou o bom momento do setor durante a abertura do Festival das Cataratas, um dos maiores eventos do turismo nacional, com intensa programação de palestras, oficinas, workshops e rodadas de negócios. O evento iniciou nesta quarta-feira (31) e segue até a sexta-feira (2) em Foz do Iguaçu, no Oeste do Estado, com a expectativa de receber 8 mil visitantes.

O Paraná registrou o maior avanço do setor em volume de turistas no mês de março no Brasil, com crescimento de 2,6% em relação a fevereiro. O resultado foi positivo também no trimestre, com aumento de 17,6% nas atividades nos três primeiros meses do ano, o segundo melhor número do País no período, atrás apenas de Minas Gerais (24,3%), de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Os investimentos do Governo do Estado em infraestrutura estão entre as principais iniciativas para impulsionar o turismo, como a duplicação da Rodovia das Cataratas, em Foz, ressaltou o governador. “Duas ferramentas básicas fazem com que o setor cresça: infraestrutura e uma boa prestação de serviços, que são primordiais para que os visitantes venham, retornem a ainda falem bem dos nossos atrativos”, disse. 

“Não são apenas as grandes obras que impulsionam o turismo. Investimentos pontuais são muitas vezes um diferencial para fazer com que diferentes segmentos turísticos, como o de natureza, rural, religioso e gastronômico, vão para frente e contribuam com o desenvolvimento dos nossos municípios”, afirmou. “Estamos recebendo muitos turistas estrangeiros, com novos voos internacionais confirmados para o Estado, mas não abrimos mão do turismo doméstico, que também tem um enorme potencial”. 

Recentemente, foram anunciados duas novas rotas entre a capital paranaense e Montevidéu, no Uruguai, da Azul, e entre Foz do Iguaçu e Lima, no Peru, da Latam.

O governador destacou que um dos principais atrativos nacionais, as Cataratas do Iguaçu bateram recorde de visitação em abril, recebendo cerca de 150 mil turistas. E o movimento do setor pôde ser observado em todas as regiões. As visitas nas unidades de conservação do Estado quase dobraram entre janeiro e abril em relação aos mesmos meses do ano passado, recebendo 209.812 visitantes no período.

“Foz do Iguaçu é a cidade, junto com o Rio de Janeiro, que tem a maior vocação para o turismo no Brasil. E este evento coloca o Paraná como protagonista no setor. Estamos crescendo muito”, disse. “O número de visitantes em Foz está superando os dados anteriores à pandemia. E isso se reflete em outras regiões, com o turismo crescendo muito também em Curitiba, Ponta Grossa e nos municípios que contam com lagos e represas que são utilizados para atividades de lazer”.

Ratinho Junior ressaltou ainda que o setor é estratégico na geração de empregos e para fazer girar a economia, principalmente dos pequenos negócios. “Turismo é deslocamento de PIB, porque traz visitantes de todas as partes do mundo para gastar nas cidades do nosso Estado. E isso gera muito emprego, principalmente no setor de serviços”, salientou.

Presente na abertura dos Festival das Cataratas, a ministra do Turismo, Daniela Carneiro, salientou que o evento contribui para divulgar a imagem do Brasil, fomentar novos negócios e impulsionar a economia. “A iniciativa reforça a capacidade do setor em movimentar os negócios e, consequentemente, gerar renda para nosso País. O turismo tem contribuído cada vez mais com a economia brasileira e deve arrecadar R$ 752 bilhões somente neste ano, o que equivale a 7,8% do PIB nacional”, disse. 

Novas ações

O Governo do Estado encaminhou neste mês para a Assembleia Legislativa do Paraná um pacote de ações, composto de cinco projetos de lei, para ampliar o fomento e o incentivo ao turismo e melhorar a infraestrutura turística. Os textos propõem a criação de cinco programas: Paraná+Viagem, Paraná+Eventos, Paraná+Sinalizado, Paraná Turismo+Seguro e Paraná Turismo+Infra.

Eles têm como objetivo ampliar a participação dos 399 municípios no turismo de eventos, modernizar a infraestrutura e vigilância dos espaços públicos e viabilizar o acesso da população vulnerável a espaços turísticos. Os textos partiram de estudos feitos pela equipe da nova Secretaria de Estado de Turismo (Setu), que mapeou as principais necessidades e oportunidades para o setor.  

Outro marco da nova gestão foi a recriação da criação da Secretaria de Estado do Turismo (SETU), com o objetivo de promover o potencial turístico do Paraná e ampliar os empregos e negócios ligados ao setor, fomentando também o desenvolvimento regional através do turismo.

A estrutura passou a incorporar o Viaje Paraná, serviço social autônomo responsável pela elaboração de políticas públicas de turismo e ações de promoção, marketing e apoio à comercialização de destinos, produtos e serviços turísticos paranaenses no Brasil e no Exterior.

Festival das Cataratas

Um dos principais eventos do turismo nacional, o Festival das Cataratas está em sua 18ª edição e espera receber 8 mil visitantes em três dias de evento. Ele é organizado pela De Angeli Feiras e Empreendimentos e conta com patrocínio do Fundo Iguaçu, da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e da Federação Estadual do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio PR), Sebrae, além do apoio do Governo do Estado e da Paraná Turismo.

O festival conta com uma série de atividades, incluindo palestras, oficinas, capacitações, visitas técnicas e a tradicional Feira de Turismo e Negócios. A área de exposição foi montada em um espaço de 7 mil metros quadrados, com a presença de mais de 1,3 mil marcas dos diversos segmentos da cadeia turística, como destinos, companhias aéreas, hotelaria, operadoras e atrativos, entre outros.

“O festival é fundamental porque está dentro da maior estrela do turismo do Paraná, que são as Cataratas do Iguaçu, um dos pontos turísticos mais visitados do Brasil e uma das Sete Maravilhas da Natureza”, destacou o secretário estadual do Turismo, Márcio Nunes. “Queremos utilizar essa boa imagem de Foz do Iguaçu para vender os diferentes atrativos do Paraná, para que o Estado se torne um destino turístico, para fomentar todos os municípios que têm vocação para receber visitantes”.

Entre os eventos paralelos, um dos destaques é o 1º Encontro Nacional de Uso Público, Turismo e Meio Ambiente, organizado pelo Instituto Água e Terra (IAT), órgão da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável, com o apoio do Instituto de Ciência e Tecnologia em Biodiversidade (ICTBio). O objetivo do encontro é promover a conexão entre pessoas e empresas interessadas em desenvolver negócios, serviços e produtos em Unidades de Conservação (UC).

Presenças

Participaram da solenidade o vice-governador Darci Piana; a ministra do Turismo do Paraguai, Sofía Afara; os secretários estaduais do Desenvolvimento Sustentável, Valdemar Bernardo Jorge; e da Comunicação, Cleber Mata; o presidente da Embratur, Marcelo Freixo; o diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, Enio Verri; o diretor-presidente da Invest Paraná, Eduardo Bekin; o presidente da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação, Alexandre Sampaio; o superintendente do Sebrae-PR, Vítor Tioqueta; o deputado federal Vermelho; os deputados estaduais Mateus Vermelho, Luís Corti e Denian Couto; o prefeito de Foz do Iguaçu, Chico Brasileiro; e o idelizador do Festival das Cataratas, Paulo Angeli. (Com assessoria)