Fechar
Domingo, 14 de agosto de 2022
Domingo, 14 de agosto de 2022
Política 01/08/2022

Câmara aprova licença de Saulo para cuidar da esposa por 60 dias

Vice-prefeito teve pedido de licença aprovado pelos vereadores após apresentar atestado médico da esposa. O presidente da Câmara, Daniel Milla, assumirá a Prefeitura durante as férias de Elizabeth Schmidt

Ouça a notícia Tempo de leitura aprox. --
Câmara aprova licença de Saulo para cuidar da esposa por 60 dias

O vice-prefeito de Ponta Grossa, Capitão Saulo (Republicanos), vai tirar licença do cargo de 1º de agosto a 30 de setembro deste ano. Ele teve o pedido aprovado nesta segunda-feira (1º) pelos vereadores, após apresentar um atestado médico da esposa, Luciana Delgobo, assinado pelo médico Dr. Cristiano Gatelli. Luciana passaria por procedimento cirúrgico nesta segunda.

Saulo solicitou a licença dias após ter a informação de que precisaria assumir o cargo de prefeito de Ponta Grossa com a saída da prefeita Elizabeth Schmidt (PSD) para um período de férias, entre os dias 5 e 22 deste mês. Porém, caso assumisse o cargo, Saulo ficaria inelegível e não poderia ser candidato nestas eleições. Ele será candidato a deputado federal.

Com a licença de Saulo e a viagem de férias de Elizabeth para o exterior, quem assumirá o comando da Prefeitura será o presidente da Câmara Municipal, Daniel Milla (PSD), conforme determina a legislação sobre o tema.

E a campanha?

Ainda sobre a licença de Saulo, mesmo que fique apto a ser candidato ao se licenciar e não assumir o cargo de prefeito, há quem diga que uma licença em decorrência de atestado médico não permitiria a participação em uma campanha eleitoral, ou qualquer outra atividade que não condiga com o finalidade da licença.

Ou seja, se pediu licença para cuidar da esposa, terá que cuidar da esposa, e não fazer campanha. Esse é o entendimento de alguns vereadores que votaram a favor da licença. Caso Saulo seja flagrado em ações de campanha, corre o risco de sofrer processo de investigação na Câmara, por desvio de finalidade da licença, através de uma Comissão Parlamentar Processante (CPP). Isso se houver alguma denúncia. Neste caso, as sanções vão desde advertência até a cassação do mandato.

Nas redes sociais, Saulo confirmou sua candidatura por meio de uma postagem.

"Agora é OFICIAL!!! Sou candidato a Deputado Federal pelo partido @republicanos10pr. A convenção que aconteceu no último sábado reuniu centenas de pessoas que querem um Paraná diferente, pessoas comprometidas com os valores da família, com os valores do bem, e principalmente comprometidas com um Brasil melhor!

Quero deixar um abraço especial ao governador @ratinho_junior e ao presidente do partido republicanos @valdemarbj homens justos e que fazem nosso estado crescer na direção certa! 
Estou pronto, vamos juntos para essa batalha!"

 

Foto: Reprodução Facebook