Fechar
Terça, 18 de janeiro de 2022
Terça, 18 de janeiro de 2022
Política 07/01/2022

PG define novo protocolo para atendimento de pacientes com sintomas respiratórios

Objetivo da medida é otimizar o fluxo de trabalho nos locais e a absorção da demanda

Ouça a notícia Tempo de leitura aprox. --
PG define novo protocolo para atendimento de pacientes com sintomas respiratórios

A Prefeitura de Ponta Grossa, através Fundação Municipal de Saúde (FMS), promove, a partir desta segunda-feira (10), alterações temporárias no protocolo de atendimento de pacientes que buscam os estabelecimentos de saúde do Município com sintomas respiratórios. O objetivo da medida é otimizar o fluxo de trabalho nos locais e a absorção da demanda. 

De acordo com o presidente da Fundação Municipal de Saúde, Rodrigo Manjabosco, as mudanças englobam a triagem nas Unidades de Saúde e de Pronto Atendimento (UPA) e a disponibilização das vagas para atendimento nas Unidades de Saúde. 

“Com este novo protocolo, os pacientes que procurarem a UPA Santa Paula e Santana com sintomas respiratórios, terão seus sinais vitais verificados, e se apresentarem sintomas leves, serão encaminhados às suas Unidades Básicas de Saúde de referência com uma carta informando os sinais vitais, data e horário que foram atendidos”, explica.

“Já as Unidades de Saúde passarão a ofertar 50% das suas vagas diárias no período da manhã e da tarde para atendimento de pacientes com sintomas respiratórios leves, o que deve contribuir para a diminuição das demandas absorvidas pelas UPA´s”, completa Manjabosco. 

Ainda sobre o novo protocolo, o presidente da FMS ressalta que a indicação para a população que esteja apresentem sintomas moderados ou graves é para que busquem a UPA Santa Paula ou Santana, locais de referência para esses atendimentos.

“Nossa intenção em priorizar os atendimentos de pacientes moderados e graves na UPA Santa Paula e Santana é reduzir o contato com pessoas contaminadas com o Coronavírus e Influenza, contribuindo assim para a diminuição da circulação desses vírus”, finaliza. 

As mudanças se manterão por um período de 15 dias a contar de 10/01/22, podendo ser prorrogadas. Mais informações podem ser adquiridas no serviço de Call Center da FMS através do telefone 3220-1019 e nas Unidades Básicas de Saúde. (Com assessoria)