Fechar
Domingo, 14 de agosto de 2022
Domingo, 14 de agosto de 2022
Ponta Grossa 30/12/2021

Comerciantes estão otimistas para 2022

Pesquisa contratada pela FACIAP foi realizada nesta semana com 500 lojistas em Curitiba, Ponta Grossa, Francisco Beltrão, Cascavel, Maringá e Londrina

Ouça a notícia Tempo de leitura aprox. --
Comerciantes estão otimistas para 2022

Os comerciantes estão otimistas com o rumo do seu negócio em 2022. Isso é o que aponta a pesquisa contratada pela Federação das Associações Comerciais e Industriais do Paraná (FACIAP), divulgada na última quarta-feira (29).

De acordo com o levantamento, o índice praticamente se manteve estável em relação à pesquisa anterior (pré-Natal 81%). Portanto, os comerciantes estão animados com as vendas no ano de 2022.

Em Ponta Grossa, 82% dos lojistas mantêm expectativas otimistas para o desempenho de seus negócios em 2022. Os empresários mais otimistas são os de Londrina, onde 86% mostram-se animados com as expectativas de vendas para 2022. Na pesquisa realizada antes do Natal, esse índice era de 81%. Cascavel e Maringá estão em segundo lugar no percentual de otimismo, com 83%.

O levantamento contratado pela FACIAP, em parceria com a Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa (ACIPG), foi realizado pelo Instituto Datacenso no comércio paranaense nos dias 27 e 28 de dezembro nas cidades de Curitiba, Ponta Grossa, Francisco Beltrão, Cascavel, Maringá e Londrina.  

Vendas de Natal

A pesquisa ainda mostrou que as vendas de Natal apresentaram crescimento de 11% neste ano em relação ao mesmo período do ano passado.

Em Ponta Grossa, o desempenho das vendas acompanhou a média estadual, tendo um crescimento de 11% em relação ao ano passado. 54% dos lojistas ponta-grossenses entrevistados afirmaram que as vendas deste ano foram superiores às registradas em 2020. De acordo com 26% dos comerciantes, o desempenho em 2021 foi igual ao do ano passado.

Para o presidente da FACIAP, Fernando Moraes, que também é empresário do ramo de eletrodoméstico e telefonia, o resultado positivo em relação a 2020 reflete um crescimento no clima de confiança do consumidor e a expectativa de melhora da economia com a redução dos casos de Covid-19.

“Com o avanço da vacinação e a queda nos números da pandemia, as famílias voltaram a se reunir para celebrar o Natal, o que alavancou as vendas neste período. Além disso, o 13º salário também influenciou no bom desempenho das vendas em relação a 2020”, afirma.

O levantamento aponta para pequena queda em relação às expectativas que os empresários mantinham, conforme pesquisa realizada pela FACIAP no início de dezembro. “Neste ano, em função do clima mais favorável às compras, os segmentos que mais se destacaram foram confecções, calçados e utilitários. As pessoas compraram mais produtos de uso pessoal, para seus passeios, suas viagens e para presentear”, afirma Moraes, ao destacar que o setor de telefonia também foi um sucesso de vendas.

Contratação

Segundo a pesquisa FACIAP/Datacenso, a maioria dos comerciantes paranaenses não aumentou o quadro de colaboradores para o final do ano. 70% dos comerciantes de Ponta Grossa, por exemplo, afirmaram que não contrataram mais colaboradores neste fim de ano. A cidade que mais contratou no período foi Curitiba, onde 43% das empresas entrevistadas contrataram funcionários, mesmo que temporários. Leia AQUI a pesquisa na íntegra. (Com assessoria)