Fechar
Terça, 30 de novembro de 2021
Terça, 30 de novembro de 2021
Ponta Grossa 19/11/2021

Educação de PG prepara eleições para futuros diretores escolares

Comunidade escolar vai selecionar candidatas e candidatos para coordenar CMEIs e Escolas Municipais em Ponta Grossa; objetivo é estimular o envolvimento de familiares com a educação

Ouça a notícia Tempo de leitura aprox. --
Educação de PG prepara eleições para futuros diretores escolares

A Secretaria Municipal de Educação de Ponta Grossa realiza, no dia 03 de dezembro, eleições para a seleção das futuras diretoras ou diretores das unidades escolares mantidas pela Prefeitura, que atuarão de 2022 a 2025. O objetivo é incentivar a participação da comunidade no ambiente escolar, por meio do exercício democrático do voto, tendo como foco a aprendizagem dos alunos. No total, foram registradas 159 candidaturas em toda a rede.
 
Ao longo desta semana, as unidades organizaram encontros virtuais e presenciais para que as professoras e professores candidatos pudessem demonstrar suas ideias e planos de ação, incentivando a participação no processo eleitoral.

Para validar as eleições em cada unidade, é necessária a participação de pelo menos 50% + 1 dos funcionários e dos responsáveis pelos estudantes matriculados, que possuem pesos diferentes na hora da contagem. Cada família possui direito a um voto.
 
A secretária de Educação, professora Simone Pereira Neves, destaca que a Lei do Magistério regulamenta que a escolha dos dirigentes escolares deve ter a participação popular, e que Ponta Grossa prevê também que todas as candidaturas comprovem qualificação técnica, por meio da realização de um curso de gestão e prova, a que todas foram submetidas.

Além disso, os dirigentes deverão administrar as unidades escolares sempre em consonância com a política educacional do município e de acordo com as orientações da Secretaria Municipal de Educação.
 
“O gestor escolar deve demonstrar a competência administrativa, pedagógica e de relações interpessoais”, comenta Simone.

"A eleição para diretores e diretoras das nossas unidades possui também o objetivo de estimular a aproximação da comunidade escolar com nossos CMEIs e Escolas. Mais importante do que a escolha de um nome para administrar cada unidade, é o envolvimento dos funcionários e dos familiares dos alunos no dia a dia do trabalho da gestão escolar, que possui várias complexidades na sua rotina. Assim, quanto mais a comunidade compreender e participar desse importante trabalho, mais ela e a própria escola vão ganhar, pois isso contribui para o aprendizado dos alunos", afirma a secretária.
 
Participação popular
 
Vanessa dos Santos é mãe de Stefany, Henrique e Benjamin, alunos na Escola Municipal Adelaide Thomé Chamma, no Jardim Carvalho, e foi até a unidade para conhecer as duas candidatas e suas ideias. “Acho interessante porque cada candidata tem propostas novas. Acho essencial os pais estarem presentes para saber e participar dos projetos da escola”, considera.
 
O casal Rúbia Rosane Cardoso e Júlio da Silva Pilat, pais de Helamã, Willian e Spencer, também pretendem participar da escolha. “A gente sempre teve contato com a direção e acho ótimo isso pois o futuro deles depende da escola, do aprendizado. Acho importante os pais estarem a par disso tudo e escolhendo o melhor para as crianças”, observa a mãe. Para Júlio, a escolha é também um aprendizado para as crianças.

“Isso ajuda no desenvolvimento das crianças, mostra que os pais estão próximos e acredito que isso ensina também sobre democracia para elas, pois aqui temos o direito de escolher, votar em qual a melhor opção, e dessa forma as crianças começam a ver aqui o exemplo de escolher o melhor para eles e isso se reflete depois, na vida adulta e política, onde eles irão escolher o melhor para si mesmos”, acredita o pai.

Números
 
Das 149 unidades de ensino, haverá eleições em 78 escolas e 60 CMEIs. As escolas contabilizam 62 unidades onde há apenas uma candidatura e outras 15 unidades onde haverá disputa entre duas candidaturas – apenas uma registra três opções. No total, 92 professoras e 3 professores se candidataram a administrar as escolas municipais.
 
Dos 60 CMEIs onde haverá eleição, 44 registram candidatura única e outros 16 terão a gestora decidida pelo voto de funcionários e comunidade. Destas, 14 unidades possuem duas candidatas, uma possui três e uma possui quatro candidatas. No total, 79 professoras se candidataram para a administração dos Centros Municipais de Educação Infantil – todas mulheres. (Com assessoria)