Fechar
Sábado, 01 de outubro de 2022
Sábado, 01 de outubro de 2022
Ponta Grossa 19/03/2021

Guia de exercícios fisioterapêuticos para sequelas de Covid-19 é elaborado pela FMS

Dificuldades na respiração, após cura da infecção, podem ser sanadas com exercícios

Ouça a notícia Tempo de leitura aprox. --
Guia de exercícios fisioterapêuticos para sequelas de Covid-19 é elaborado pela FMS

Na segunda quinzena do mês de março, Ponta Grossa já conta com mais de 16 mil recuperados da Covid-19 e aproximadamente com 9 mil em isolamento domiciliar. O problema é que parte dos infectados relatam, após passados os sintomas, sequelas como dores no peito e dificuldades em respirar. A Residência Multiprofissional em Saúde Coletiva, da Fundação Municipal de Saúde (FMS) elaborou um Guia de exercícios e cuidados domiciliares para prevenção e fortalecimento do sistema cardiorrespiratório que auxilia na recuperação destes pacientes.

A prática destes exercícios para reabilitação é indicada pelos profissionais da FMS que realizam o acompanhamento dos pacientes em isolamento, por telefone. 

Carlos Coradassi, responsável pela Residência Multiprofissional em Saúde Coletiva, da Fundação Municipal de Saúde (FMS), explica que uma das funções da Residência é fazer uma aproximação da academia com o trabalho prático, em resultados focados na população.

“A produção destes materiais vem ao encontro da necessidade de as pessoas serem orientadas a partir de uma linguagem mais simples, para mais fácil entendimento. Os benefícios dos exercícios além dos aspectos físicos têm o aspecto mental”, disse Coradassi.

Segundo ele, a infecção do novo coronavírus pode causar disfunções cardiorrespiratórias, físicas e psicológicas. “Para isto, é essencial que o paciente diagnosticado com Covid-19, realize exercícios para aumento da capacidade respiratória, reduzindo as alterações geradas pela doença, tanto durante a fase ativa, quanto após a sua recuperação”, elucida.

Já a fisioterapeuta Gabriela Nocêra Carneiro, autora do guia, ressalta que estas técnicas são para serem praticadas por pessoas com caso suspeito ou confirmado de covid-19 ou que desejam fortalecer o sistema cardiorrespiratório.

“As técnicas devem ser realizadas de forma correta para garantir a efetividade, sendo complementares a reabilitação cardiorrespiratória”, explica a profissional de saúde. A prática de exercícios respiratórios é necessária para a recuperação efetiva do paciente. Deve ser realizada durante o isolamento domiciliar e após a fase ativa, durante a reabilitação pós-covid-19”, explica.

Além dos exercícios respiratórios, o paciente pode realizar exercícios físicos leves, adaptadas para o domicílio, aumentando o alongamento, força muscular e mobilidade articular, auxiliando na sua forma física.

 

NÃO É INDICADO REALIZAR OS EXERCÍCIOS SE:

- A temperatura corporal estiver acima de 38°C.

- Apresentar pressão arterial descompensada.

- Apresentar dispneia (falta de ar) moderada a grave. Nesse caso o paciente

deve ser encaminhado aos serviços de urgência.

 

O EXERCÍCIOS DEVE SER INTERROMPIDO QUANDO:

- Apresentar palpitações cardíacas e/ou sensação de aperto/dor no peito.

- Estiver com tonturas ou visão turva.

- Apresentar cefaleia (dor de cabeça) após início do exercício.

A FMS alerta que qualquer desconforto permanente ou repetitivo deve se procurar diagnostico complementar.

Para fazer o download do Guia, acesse AQUI.