Fechar
Quinta, 04 de março de 2021
Quinta, 04 de março de 2021
Política 22/02/2021

Bancada do PSB quer isenção na taxa de alvará para atividades suspensas na pandemia

Vereadores apresentaram Moção de Apelo e de Sugestão Legislativa para que o Executivo isente ou conceda desconto aos empresários que tiveram suas atividades prejudicadas em decorrência das ações de combate à Covid-19

Ouça a notícia Tempo de leitura aprox. --
Bancada do PSB quer isenção na taxa de alvará para atividades suspensas na pandemia

Isentar ou conceder desconto significativo no pagamento da taxa de alvará de 2020 aos empresários que tiveram suas atividades suspensas em decorrência das ações de combate à Covid-19 em Ponta Grossa

Esse é o teor de uma Moção de Apelo e também de uma Moção de Sugestão Legislativa apresentadas pela bancada do PSB na Câmara, formada pelos vereadores Ede Pimentel, Geraldo Stocco e Izaías Salustiano.

Para aqueles empresários que já tenham efetuado o pagamento, mas se enquadrarem na iniciativa, o pedido é de que haja a compensação do valor pago.

A medida foi tomada depois de uma reunião com representantes de empresas que operam no período da noite, como bares e, principalmente, casas noturnas, que foram diretamente afetados pelas medidas do toque de recolher e do distanciamento social.

Ede Pimentel é do ramo noturno e disse ter recebido inúmeras reivindicações do empresariado do setor no sentido de haver ações por parte da Prefeitura para amenizar os reflexos econômicos que a pandemia e suas medidas de contenção acarretaram ao longo de 2020.

Agora, caberá à prefeita Elizabeth Schmidt (PSD) e sua equipe definirem se acatam ou não o pedido dos parlamentares. Como a questão envolve renúncia de receita, somente o Executivo pode propor projeto para isenção ou desconto.

"Peço que a nossa prefeita veja com carinho a situação desses empresárias da noite, que foram os mais afetados pela pandemia e pedem o auxílio do Poder Público", ressaltou Ede Pimentel.

Foto: CMPG. Na imagem estão Geraldo Stocco (esq.), Ede Pimentel (centro) e Léo Farmacêutico (dir.)