Fechar
Domingo, 14 de agosto de 2022
Domingo, 14 de agosto de 2022
Ponta Grossa 03/02/2021

Estudantes podem se inscrever em curso preparatório gratuito da ACIPG

Projeto Antares oferece preparação para vestibular, Enem, PSS e é gratuito

Ouça a notícia Tempo de leitura aprox. --
Estudantes podem se inscrever em curso preparatório gratuito da ACIPG

Alunos que visam se preparar para o vestibular, Processo Seletivo Seriado (PSS), Enem e que buscam a oportunidade de um curso gratuito podem procurar o projeto Antares, que está com as inscrições abertas.

Desenvolvido pela Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa (ACIPG), o projeto Antares oferece aulas em contraturno escolar de física, química, matemática, português e biologia, com o intuito de preparar os alunos para testes de vestibular, Enem e PSS. Todo o conteúdo das aulas e material didático são gratuitos, com as aulas ocorrendo na sede ACIPG e na UniSecal, instituição parceira do projeto. As aulas são ministradas por professores contratados, todos com a necessária formação.

Podem se inscrever alunos dos 1°, 2° e 3° do ensino médio e é obrigatório que estejam em escola regular. As inscrições são feitas por um link gerado após entrar em contato pelo WhatsApp 42 3220-7208, ou, na própria sede da ACIPG (Comendador Miró, 860).

“O projeto é totalmente gratuito, assim como o material e apostilas. Alunos que não possuem condições de pagar um cursinho preparatório podem ter a oportunidade de ter no projeto Antares uma preparação de qualidade e de maneira gratuita. Diversos alunos nossos obtiveram aprovações em vestibulares, estão cursando e formados em instituições de ensino superior”, comenta Tatiane Aparecida Ribeiro, assistente administrativa e professora de biologia do projeto, e também integrante da primeira turma do Antares, em 2014.

O projeto Antares já atendeu aproximadamente 250 alunos e teve 60 aprovados em diferentes instituições de ensino, e Maiara Fernanda Crime foi uma delas. Hoje ela cursa Ciências Contábeis na UEPG, e frequentou as aulas do Antares em 2018.

“Sem dúvidas eu devo isso ao Antares, pois sem o auxílio dos professores, sem as aulas incríveis que eu tive lá, nada disso teria acontecido, continuo colhendo os frutos do projeto até hoje. O projeto me auxiliou muito no meu desenvolvimento tanto pessoal quanto intelectual, passei a ter outra visão de mundo. Participei também da cooperativa Antares, fui vice presidente e foi uma das melhores experiências que eu poderia ter tido, aprendi a ser organizada, atenta, focada e a tomar decisões em grupo, fiz amigos que eu vou levar para a vida toda”, relata.

Heryvelton Martins integrou a turma 2018-2019 do Antares e também não poupa elogios e agradecimentos às oportunidades geradas. Atualmente ele faz a faculdade de Jornalismo na UEPG, mas não se esquece dos ensinamentos passados no projeto.

“O projeto Antares me ajudou e muito, não só pelo conteúdo, aí a diferença dele para um cursinho pago. O projeto fazia de tudo para que as pessoas seguissem participando das aulas, correndo atrás de soluções para tudo. Diferente de um cursinho, o projeto proporciona muito mais que uma relação de colegas de classe e professores, o pessoal se torna quase que uma família”, conta.

Ambos não escondem a gratidão pela experiência proporcionada pelo projeto Antares, vivenciando os aprendizados repassados pelos professores.

“Hoje estou na UEPG e coloco todos os dias em prática aquilo que aprendi no projeto, que ultrapassa o conhecimento teórico. É muito mais fácil se comunicar, fazer novos amigos, tudo graças às relações interpessoais que o projeto Antares tanto cobra dos alunos: a interação. Dentro do projeto passaram diversas pessoas e destas, a maioria, se não todos, hoje estão em uma universidade de qualidade, sendo pessoas diferentes. É realmente transformador, de todas as formas pensáveis, passar pelo projeto”, afirma Heryvelton.

“Hoje estou cursando Ciências Contábeis e fazendo estágio na ACIPG, e toda a minha capacitação eu devo ao projeto Antares, que assim como a estrela antares ilumina tudo ao seu redor, o projeto Antares iluminou e tem iluminado muito a minha vida. Só gratidão”, agradece Maiara. (Com assessoria)