Fechar
Domingo, 28 de fevereiro de 2021
Domingo, 28 de fevereiro de 2021
Ponta Grossa 22/12/2020

Vésperas de Natal e Ano Novo terão feiras especiais na 'Benjamin Constant'

As feiras que acontecem geralmente no sábado serão adiantadas para as quintas-feiras nestas duas últimas semanas do ano

Ouça a notícia Tempo de leitura aprox. --
Vésperas de Natal e Ano Novo terão feiras especiais na 'Benjamin Constant'

As feiras do produtor de Ponta Grossa terão horários diferenciados de atendimento neste fim de ano. Para facilitar tanto para o agricultor, quanto para os consumidores, as feiras que aconteceriam nos sábados (26) e (2) foram transferidas para as quintas-feiras (24) e (31), na Benjamin Constant, das 7h às 13h. A definição foi feita pela Associação dos Produtores Hortifrutigranjeiros, com supervisão da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento da Prefeitura de Ponta Grossa (SMAPA).

“Decidimos transferir as feiras tradicionais de sábado para as vésperas do Natal e do Ano Novo. Acreditamos que, para os clientes a estratégia é boa para as compras dos banquetes de comemoração. Já nos sábados, os nossos produtores poderão descansar, já que são os dias pós festas”, ressalta o presidente da Associação dos Produtores Hortifrutigranjeiros, Romualdo Siuta.

Chegada do verão e incremento de produtos

Para este fim de ano, a principal novidade das feiras do produtor é a maior oferta de frutas específicas da época. Segundo o engenheiro agrônomo da SMAPA, Michel Demiate, o pêssego, uva, ameixa, melancia e milho verde poderão ser encontrados em maior abundância.

“Com o início do verão, esses produtos sazonais estarão em alta nas feiras. Alguns têm o período de plantio por meados de setembro e agora começam a ser colhidos. Por não suportarem o frio excessivo, esse é o período mais propício para a colheita e também para o consumo, já que são alimentos frescos e da nossa própria produção local”, afirma Michel.

Para o secretário da SMAPA, Bruno Costa, o consumo direto das feiras é importante para fomentar a produção e o comércio local.

“A maior parte dos produtos das feiras vem dos nossos agricultores. A produção local dos alimentos sazonais possibilita que os alimentos se desenvolvam e amadureçam em boas condições. E, nas festas de fim de ano não podem faltar produtos de qualidade, frescos e saborosos. Devido a pandemia, muitos clientes da feira que não vão viajar, vão continuar comprando. Isso incentiva os nossos produtores a continuarem produzindo e contribuindo para o abastecimento da cidade e para a nossa economia”, sustenta Bruno. (Com assessoria)

Calendário das feiras

Apesar da alteração de datas da feira de sábado, as feiras que ocorrem tradicionalmente nas terças e quartas-feiras não terão alterações. Dessa forma, o calendário das feiras dos dias 22 de dezembro a 2 de janeiro são:

Terça-feira: das 9h30 às 18h30, no Jardim Carvalho, praça da Igreja Santo Antônio.

Quarta-feira: 13h30 às 19h, na rua Benjamin Constant, estacionamento do Restaurante Popular.

Quinta-feira: 7h às 13h, na rua Benjamin Constant, no estacionamento do Restaurante Popular.