Fechar
Sábado, 31 de outubro de 2020
Sábado, 31 de outubro de 2020

Veja como deve ficar a divisão do tempo de TV e Rádio nas eleições em PG

Ouça a notícia Tempo de leitura aprox. --
Veja como deve ficar a divisão do tempo de TV e Rádio nas eleições em PG

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou a tabela de divisão do tempo para a propaganda eleitoral gratuita no rádio e televisão nas eleições 2020, através da Portaria TSE n° 722/2020, publicada nessa sexta-feira (25), no Diário da Justiça eletrônico. As campanhas nos dois meios de comunicação começam a partir do dia 8 de outubro, após o fechamento do registro das candidaturas no sábado (26).

Serão dois blocos de 10 minutos diários que são distribuídos nos seguintes horários: das 7h às 7h10 e das 12 às 12h nas emissoras de rádio; e das 13h às 13h10 e das 20h30 às 20h40 na televisão. Há, também, 70 minutos diários de inserções, distribuídos entre todo o dia, que variam entre 30 segundos e um minuto. Este tempo será dividido em 60% para os cargos majoritários (prefeito) e outros 40% para os postulantes à Câmara de Vereadores dos municípios. Em caso de coligações, apenas os seis maiores partidos terão seu tempo de rádio e TV somados para contabilizar quanto cada candidato coligado possuirá.

Em Ponta Grossa, segundo levantamento do Portal aRede e Jornal da Manhã, o tempo estimado (que pode sofrer alterações devido às regras do TSE), coloca dois candidatos à Prefeitura com uma grande distância dos outros três concorrentes. O candidato a prefeito Márcio Pauliki (Solidariedade), que tem como vice Ricardo Zampieri (Republicanos), lidera com 3 minutos e 24 segundos, graças a coligação ‘União de Forças por Ponta Grossa’. O grupo conta, ainda, com o PROS, PRTB, DEM, PSL, Patriotas, PL, PTB e PTC, com 10 legendas.

Na sequência da estimativa aparece Mabel Canto (PSC) e seu vice Pietro Arnaud (PSB), com 3 minutos e 16 segundos. MDB, PP, PDT, PMB, Cidadania e Podemos compõem a coligação ‘Ponta Grossa em Primeiro Lugar’. Elizabeth Schimdt, candidata a prefeita, e Capitão Saulo, postulante a vice, ambos do PSD, terão cerca de 1 minuto e 38 segundos, junto a Coligação ‘Somos Todos Ponta Grossa’, que conta com o PSDB, PV e Avante.

O Professor Edson (PT), que tem o vice Pastor João Carlos (PCdoB), terá 1 minuto e 21 segundos, com a soma do tempo dos dois partidos. Para complementar, o Professor Gadini (PSOL), que compõem chapa pura com Lineu Kieras, terá um tempo estimado de 21 segundos, visto que não tem nenhum partido coligado.

Partidos com mais deputados definem tempo de duração
O tempo da propaganda eleitoral gratuita é estimada de acordo com a representatividade dos partidos políticos na Câmara dos Deputados em relação à eleição anterior, em 2018. Com isso, legendas como o Partido dos Trabalhadores (PT) e Partido Social Liberal (PSL), que contém 54 e 52 representantes, respectivamente, mantém o maior tempo de campanha.

No total, 23 dos 33 grupos políticos, por terem o número mínimo de representantes no Congresso, possuem horário eleitoral gratuito. Em Ponta Grossa, apenas um partido político não está coligado para as eleições de novembro e, desta forma, não contribui com tempo de TV e rádio: o NOVO. (As informações são do Portal aRede)