Fechar
Sábado, 31 de outubro de 2020
Sábado, 31 de outubro de 2020
Destaques 17/09/2020

Com 10 partidos, Pauliki tem a maior coligação na disputa pela Prefeitura de PG

Ouça a notícia Tempo de leitura aprox. --
Com 10 partidos, Pauliki tem a maior coligação na disputa pela Prefeitura de PG

O Solidariedade oficializou, na noite desta quarta-feira (16), a pré-candidatura do gestor Marcio Pauliki à Prefeitura de Ponta Grossa. O nome dele foi divulgado por meio de uma convenção do partido que também anunciou o vereador Ricardo Zampieri (Republicanos) como vice.

O grupo será formado pela coligação “União de Forças por Ponta Grossa”, que contará com o apoio de 10 partidos, sendo eles SD, PROS, PRTB, DEM, PSL, Republicanos, Patriota, PL, PTB e PTC. O Solidariedade também anunciou os nomes dos 18 candidatos que irão concorrer a uma vaga na Câmara Municipal.

Em seu discurso, Pauliki evidenciou que na hora de buscar uma aliança partidária para que tivessem uma chapa competitiva, o foco principal não foram os partidos, mas sim as pessoas, conseguindo assim formar uma equipe técnica e de resultados, visando o melhor para Ponta Grossa.

“Em uma gestão municipal, ser desse ou daquele partido faz pouca diferença no dia a dia, mas as pessoas que estão ao seu lado, essas sim, fazem muita diferença. Por isso, acredito que quatro atributos são essenciais: competência, trabalho, lealdade e sensibilidade”, evidenciou.

Dobradinha

A dobradinha formada por Pauliki e Zampieri já estava sendo discutida há algum tempo, mas se firmou após Zampieri anunciar, na convenção do Republicanos, que desistia de sua candidatura a prefeito, para se tornar vice da chapa. “Estamos nessa união de forças para endireitar Ponta Grossa para um caminho certo, para um caminho certeiro, rumo ao futuro dos 200 anos da cidade com eficiência”, salientou.

O pré-candidato a prefeito pelo Solidariedade ressaltou ser uma honra ter ao seu lado um vice com o mesmo ideal: promover conquistas para as pessoas. “Esta é a hora de trabalhar ao lado de gente séria, comprometida, com o dinamismo da juventude, com um representante de uma nova geração sensível às causas sociais, este é meu companheiro de chapa e, se Deus permitir, nosso futuro vice-prefeito, Ricardo Zampieri”, enfatizou.

Retribuir

Com vasta experiência em gestão, ocupando seu primeiro cargo público em 2014, como deputado estadual, Pauliki frisou o fato de mais uma vez se colocar à disposição para poder trabalhar e retribuir tudo o que cidade já lhe proporcionou. “Resolver os problemas da cidade, mas cuidar das pessoas com gestão, liderança, dinamismo e competência. Porém, também com serenidade e sensibilidade para poder de fato melhorar a vida de nossa gente, foi isso que me motivou chegar até aqui como candidato a prefeito de Ponta Grossa”, garantiu.

Além de citar alguns dos seus principais planos de governo, Pauliki deixou claro o que pautará seu trabalho. “Que esse novo desafio seja trilhado com diálogo, junto àqueles que querem não dividir classes e pessoas, mas sim unir forças e se houver divisão que seja de tarefas, as tarefas para uma Ponta Grossa melhor. Vamos em frente, com coragem e determinação, para fazer a diferença para todos os ponta-grossenses”, concluiu. (Com assessoria)