Fechar
Quarta, 28 de outubro de 2020
Quarta, 28 de outubro de 2020
Destaques TV Doc 11/09/2020

Pré-candidato, Capitão Saulo destaca trabalho à frente da Patrulha Escolar e Proerd

Ouça a notícia Tempo de leitura aprox. --
Pré-candidato, Capitão Saulo destaca trabalho à frente da Patrulha Escolar e Proerd

Capitão da Polícia Militar, Saulo Vinícius é o nome cotado para ser o vice na chapa comandada pela Professora Elizabeth Schmidt (PSD). Nesta sexta-feira (11), Capitão Saulo visitou a redação do Jornal da Manhã e do portal aRede para ser sabatinado pelo jornalista Eduardo Farias, dentro do programa Doc.com na Rede. No encontro, Saulo destacou as motivações para ingressar na vida pública: fortalecimento da educação e da segurança pública.

Saulo iniciou a carreira militar em 2004, como comandante da Patrulha Escolar - já em 2008, a Patrulha atendia a 75 municípios. Além disso, Saulo teve participação fundamental no Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (PROERD) e ajudou a formar  mais de 60 mil alunos apenas nas escolas atendidas em Ponta Grossa.

“Em PG, está desde 2001, e estamos levando as crianças a prevenção das drogas na etapa primária. Ficamos no 5ª ano da rede municipal, momento  para que o aluno deixa de ser da escola municipal para a escola estadual. Essa mudança faz com que a criança esteja vulnerável a diversas mudanças. E assim o Proerd possibilita uma informação para proteger essas crianças de entrarem em contato com as drogas”, lembrou.

Ao falar sobre a participação política, Saulo lembrou das motivações em entrar na vida pública. “A minha participação na política foi a preocupação que tive dentro da minha carreira, tanto na Patrulha Escolar quanto no Proerd, que é levar educação e informação aos maiores tesouros de nossas vidas que são nossos filhos e nossas crianças, que são o futuro de nossa nação”, disse.

Segundo Saulo, a vontade de ingressar na vida pública surgiu como um “novo desafio”. “Sempre tive contato com a Professora Elizabeth nas formações do Proerd, ela sempre foi uma parceira além de ter uma amizade pessoal com ela. Então quando surgiu a ideia de compor essa chapa, de pronto eu já aceitei por conhecer o trabalho a seriedade e estarmos unidos de fazer o bem e o melhor para Ponta Grossa”, disse.

O policial militar também comentou a relação com o atual prefeito, Marcelo Rangel (PSDB), um dos principais incentivadores da candidatura de Saulo. “Estivemos juntos ao longo dos oito últimos anos, além de anos anteriores, e desenvolvemos uma amizade e isso facilitou muito para formarmos o grupo. Percebemos com a cidade cresceu e queremos dar continuidade nesse trabalho”, defendeu.

Saulo ainda não tem filiação confirmada

Por ser militar, Capitão Saulo tem um prazo diferenciado para filiação partidária - ele pode se filiar até o dia 16 de setembro, data máxima para as convenções. “Ainda não decidi em qual partido eu vou. Estou estudando e aguardando para o momento da convenção decidir qual partido ir”, afirmou. As legendas mais cotadas para receber são o PSD, PSDB, AVANTE e PSL.

Saulo defende militares na política

Saulo também comentou a maior presença de militares no campo político. Para o capitão, isso acontece devido a “confiança e a credibilidade” que a população tem dado aos profissionais da segurança pública. “A formação de um oficial também é muito importante e essa formação militar é muito reconhecida pela sociedade que admira aspectos que são muito valorizados no mundo militar”, explicou o capitão da Polícia. Além de Saulo, outros militares devem participar da eleição em Ponta Grossa neste ano.  (As informações são do Portal aRede)

Assista:

 

Atualizada às 13h25 deste sábado (12)