Política Ponta Grossa

Aliel Machado recebe reconhecimento da Polícia Civil

Delegados e servidores da Polícia Civil em Ponta Grossa fizeram nesta quarta-feira, 31, um agradecimento ao deputado federal Aliel Machado (PSB) pelo seu posicionamento em defesa dos servidores públicos, especialmente os policiais, durante a discussão da proposta de Reforma da Previdência (PEC 6/19), votada em primeiro turno na Câmara dos Deputados. O evento foi realizado na sede da 13º Subdivisão Policial em Ponta Grossa. 

Durante sua fala, o delegado chefe Dr. Nagib Palma, destacou a postura corajosa do parlamentar nos debates sobre a Reforma. “O deputado Aliel fala com consciência, com propriedade e uma preocupação realmente diferenciada. É um parlamentar que age de forma contundente, especialmente nesse momento pelo qual passam os servidores públicos”, afirmou Nagib. 

Ainda segundo o delegado, é preciso se ressaltar a forma com a qual o parlamentar defende os servidores públicos, especialmente os policiais. “O deputado atua pela justiça e com muito conteúdo nas defesas. Por isso o chamamos aqui para agradecer pelo ele tem feito”, reforçou ele. 

Para a delegada Tânia Sviekorski, independente da posição partidária, os policiais se sentiram bem representados pelo discurso em defesa dos servidores. Agradecemos muito, independente do resultado final da reforma, mas reconhecemos o seu apoio em nossa defesa”, disse Tânia. 

“Isso pra mim é muito simbólico. Esse reconhecimento de servidores públicos, de uma instituição respeitada como a polícia civil, é de um simbolismo muito grande pra eu continuar lutando. Não sou contra uma Reforma, mas contra essa proposta do jeito que está. Infelizmente a maioria das pessoas não enxerga o quanto ela será prejudicial, só vão enxergar quando estiverem precisando e quando virem suas consequências”, revelou Aliel. 

Por fim, o deputado falou sobre o reflexo negativo que a Reforma pode causar. ”Há várias maldades. Só em Ponta Grossa, cerca de 32 mil pessoas vão perder o direito ao abono do PIS. Pessoas que ganham em média R$ 1,5 mil. Com relação a área da segurança, um ataque às instituições não é um ataque apenas aos servidores públicos, mas a toda sociedade. E o trabalho da polícia civil é um trabalho fundamental para a população”, destacou Aliel.  (Com assessoria)

Confira outros Posts