Política

Ratinho Junior quer aproximar universidades da gestão do Estado

O governador Carlos Massa Ratinho Junior afirmou nesta quarta-feira (3), em reunião com os reitores das sete universidades estaduais do Paraná, que quer aproximar as instituições de ensino superior da gestão do Estado. A ideia, afirmou, é que as universidades contribuam com ações nas áreas econômica e social para fortalecer o desenvolvimento regional e de todo o Paraná.

“Temos centenas de mestres e doutores, com muito conhecimento, que podem nos ajudar a pensar o desenvolvimento regional, principalmente as questões econômicas e sociais”, afirmou Ratinho Junior. “Os reitores têm papel de liderança e podem conduzir ações que fortaleçam o crescimento de municípios e regiões. Portanto, queremos mais eficiência, criatividade e novas ideias que possam melhorar a vida das pessoas”, disse.

Ratinho Junior afirmou que o governo busca criar ambientes para que as instituições possam desenvolver seus trabalhos da melhor forma, e pediu um novo encontro de trabalho com os reitores, para discutir questões específicas de cada instituição, nas próximas semanas. Ele lembrou que universidades são um ativo importante do Estado, e que o investimento em ensino superior é de cerca de R$ 2,5 bilhões ao ano.

Cooperação

Para o futuro superintendente de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Aldo Nelson Bona, reitor da Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro), essa primeira reunião com o governador foi importante para breves relatos dos reitores e para que eles pudessem conhecer o que o governo espera.

“Queremos fazer um trabalho de estreita cooperação e de construção conjunta, visando utilizar esse capital intelectual e científico que temos nas instituições a serviço da população e do desenvolvimento regional”, disse.

As universidades estaduais estão à disposição do Estado, afirmou a reitora da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), Fátima Aparecida da Cruz Padoan, que também é presidente da Associação Paranaense das Instituições de Ensino Superior Pública (Apiesp). “Temos consciência de que a inovação tecnológica está atrelada às nossas atividades e queremos ajudar a transformar o Paraná em um estado mais inovador”.

Enxugamento

Ratinho Junior reforçou que a extinção da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, como parte das medidas de enxugamento da máquina pública, não afetará o trabalho no setor. “Transformamos a secretaria de ensino superior em superintendência com o objetivo de dar mais trânsito a ela em outras secretarias de estado. Dessa forma, será mais dinâmica e terá mais eficiência”.

Presenças

Participaram da reunião os reitores da Universidade Estadual de Londrina (UEL), Sérgio Carlos de Carvalho; da Universidade Estadual de Maringá (UEM), Júlio Cesar Damasceno; da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Miguel Sanches Neto; da Universidade Estadual do Paraná, Antônio Carlos Aleixo, e da Universidade Estadual do Oeste (Unioeste), Paulo Sergio Wolff; vice-reitores das instituições; o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex; o líder do governo na Assembleia, Hussein Bakri. (Com assessoria)

Confira outros Posts