A Prefeitura de Ponta Grossa recebeu na noite desta segunda-feira (26) o Prêmio Gestor Público Paraná 2018. Na sexta edição do prêmio, entre as iniciativas das prefeituras paranaenses, foi homenageado o projeto ponta-grossense de Justiça Fiscal, elaborado pela Procuradoria Geral do Município e pela Secretaria da Fazenda. A iniciativa adotou medidas para diminuir a inadimplência e aumentar a receita da Prefeitura – ver matéria.

O evento aconteceu na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep). O prêmio foi entregue nas mãos do prefeito Marcelo Rangel, que esteve acompanhado do procurador geral, Marcus Freitas, e do Secretário da Fazenda, Cláudio Grokoviski. A vice-prefeita, Elizabeth Schmidt, também marcou presença.

Através das ações do projeto de Justiça Fiscal, a Prefeitura conseguiu baixar de cerca de R$ 60 milhões para perto de R$ 22 milhões o montante a ser recebido dos inadimplentes, em dois anos. A recuperação fiscal ajudou o Município a saldar dívidas históricas e conseguir as certidões negativas de débitos, necessárias para contrair empréstimos do Estado e da União para obras e programas.

O Prêmio Gestor Público Paraná é promovido pelo Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita do Paraná (Sindafep).

Confira o vídeo postado pelo prefeito Marcelo Rangel no Facebook acerca do assunto.

Confira outros Posts