Sem categoria

Conselho de Transporte define passagem a R$ 3,80 e Prefeitura vai acatar

Em uma longa reunião na tarde desta quarta-feira (07), o Conselho Municipal de Transporte (CMT), formado por membros do Poder Público e entidades da sociedade civil organizada, definiu por votação unanime o reajuste da tarifa de transporte coletivo de R$ 3,70 para R$ 3,80 em Ponta Grossa. E a informação obtida pelo Doc.com é de que a Prefeitura Municipal irá acatar a decisão dos conselheiros. Cabe ao Executivo acatar ou não o que foi aprovado pelo Conselho. O reajuste leva em conta a inflação acumulada nos últimos 12 meses.

Os números da planilha do transporte, segundo consta, apontam para uma elevação acima da inflação no quesito combustível e retrata uma diminuição no número de pessoas que utilizam o serviço prestado pela concessionária, a Viação Campos Gerais (VCG). Portanto, houve uma diminuição no último ano no chamado IPK, que teria incido numa diminuição de cerca de R$ 400 mil no faturamento da concessionária. Pelos números técnicos da planilha, a elevação de preço poderia chegar entre R$ 4,00 e R$ 4,05. Entretanto, em votação os conselheiros optaram por repassar o índice da inflação.

Repercussão

O novo valor deve ser aplicado já nos próximos dias. A concessionária ainda poderá, caso se considere no direito, contestar a decisão do Conselho, que será sacramentada pela Prefeitura. Para isso, o caminho é acionar o Judiciário para uma revisão dos números da planilha, com base no contrato firmado com o Município via licitação. Outra alternativa será tentar diminuir os custos, com a implantação de uma porcentagem maior de cobrança nos ônibus apenas com motoristas ou a flexibilização da renovação da frota de veículos, que hoje é de substituição dos ônibus com no máximo três anos.

O Governo, que tem adotado uma política de não contestar a decisão do Conselho, ainda não se pronunciou oficialmente, mas pelo que se sabe, existe uma preocupação de que os números apontados na planilha acumulem um percentual de reajuste maior do que será concedido via decisão do Conselho. Fato que poderá ‘estourar’ no reajuste que virá em 2019. Mais informações a respeito do tema devem eclodir durante esta quinta-feira. O fato é, que para os usuários do transporte, o reajuste será o menor possível no momento.

Confira outros Posts