Política

Cenoura passa presidência do PSC para Patrícia Hilgemberg

cenoura-e-patricia
Foto: Política em Destaque

Uma reunião extraordinária do Partido Social Cristão – PSC, realizada na noite da última terça-feira (4) definiu a transição da presidência da Comissão Provisória de Ponta Grossa. O vereador Paulo Cenoura transferiu o comando do partido para a Secretária Municipal do Meio Ambiente, Patrícia Tuma Hilgemberg.

De acordo com o vereador Paulo Cenoura, esta mudança deve-se ao fato, principal, de que o comando do partido deve ficar com as principais lideranças “e nada mais justo passar para a Patrícia, que é coordenadora do PSC Mulher e secretária do Meio Ambiente”.

Sobre os motivos de estar deixando a presidência do PSC, Paulo Cenoura disse que precisa tomar conta de assuntos pessoais, “e se continuasse na presidência do partido não poderia cuidar dos meus negócios, mas continuarei fazendo parte do PSC e ajudando a comissão no que for necessário”, destacou.

“Ainda mais que o partido continua fortalecido com a manutenção de uma cadeira na Câmara Municipal com a eleição do Divo, que é um grande companheiro e batalhador das causas sociais”, destacou.

O Diretório Estadual do PSC já foi informado sobre a mudança na presidência.

Agradecimentos

Utilizando a Tribuna da Câmara Municipal na Sessão desta quarta-feira (5), o vereador Paulo Cenoura fez um agradecimento pelos votos recebidos no último domingo: “não alcançamos a reeleição, mas foi uma boa campanha e só tenho a agradecer meus amigos, meus eleitores e minha equipe de campanha que trabalhou incansavelmente nestes 35 dias” e destacou a votação: “Agradeço pelos 1378 votos recebidos e vou honrar meu mandato até o último dia, saio da campanha com a satisfação de ter feito o máximo possível, de ter podido contribuir coma  discussão da cidade e ter este aprendizado que fica para toda a vida”.

Participação no Governo

Sobre a participação do Governo Municipal, Paulo Cenoura destacou a presença do PSC no atual Governo Municipal, com duas secretarias, do Meio Ambiente, com Patrícia Hilbemberg e de Governo, com Marcus Freitas. “O partido merece continuar atuando no governo e merece fazer parte do governo Marcelo Rangel dentro do primeiro escalão agora e no caso de um segundo mandato. Quanto a mim eu vou continuar meu mandato até dezembro como vereador, pois não posso mais ocupar o cargo de secretário municipal neste momento, uma vez que vou cuidar de assuntos pessoais que não permitem assumir outros compromissos”, finalizou.

Não assinou

O vice-presidente do PSC de Ponta Grossa, Marcus Vinícius Freitas, secretário municipal de Governo, disse que não foi convidado para participar da reunião extraordinária de terça-feira e que não irá assinar o documento com a mudança na presidência, por considerar que juridicamente não é possível de ser feita sem a anuência da maioria do partido. “É preciso conversar com o Divo, que foi o vereador eleito, com o Izaías [Salustiano], que ficou como primeiro suplente, e com o restante dos candidatos e filiados do PSC de Ponta Grossa”, disse Freitas.

Maioria

O vereador Paulo Cenoura entrou em contato com o Blog para informar que, dos oito integrantes da Comissão Provisória, seis estiveram presentes na reunião e assinaram a ata, atestando a decisão de transferir a presidência para Patrícia Tuma. Segundo Cenoura, os outros dois integrantes foram procurados via telefone, mas não foi possível manter contato até a reunião. O vereador, ex-presidente do PSC, enviou a cópia da ata com as assinaturas. Acesse: ata-reuniao-extraodinaria-psc-ponta-grossa

Atualizada às 10h54 desta quinta-feira (06)

Confira outros Posts