Destaques

Números finais do TSE apontam 239.611 eleitores aptos a votar em PG

Dados divulgados nesta quarta-feira (5) pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mostram que 239.611 eleitores(as) estão aptos a votar no pleito de 2020 em Ponta Grossa. De acordo com o levantamento do TSE, no Brasil são 147.918.483 eleitores aptos a votar no pleito deste ano. O primeiro turno das eleições está marcado para o dia 15 de novembro.

Em Ponta Grossa, os 239.611 eleitores(as) aptos a votar vão escolher prefeito(a), vice-prefeito(a) e 19 vereadores(as). O número de eleitores é apenas 1% maior do que aquele registrado em 2018 (237.236) e 7% maior do que o número de pessoas aptas a votarem em 2016 (222.716).

Em nível nacional, os eleitores vão eleger novos prefeitos e vereadores em 5.569 municípios espalhados pelo país no pleito marcado para o dia 15 de novembro. Apenas o Distrito Federal e Fernando de Noronha não participam das eleições municipais. Os eleitores brasileiros que estão registrados para votar no exterior também não participam desse pleito, uma vez que o voto em trânsito só ocorre nas eleições gerais.

O número oficial de eleitores foi anunciado na manhã desta quarta-feira (5) pelo presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, durante entrevista coletiva. O Repositório de Dados Eleitorais (RDE) bem como a página com as estatísticas do eleitorado ficarão disponíveis com a atualização na próxima sexta-feira (7).

Aumento de 52%

Os dados mostram que o município de Ponta Grossa teve um crescimento de 42% no número de eleitores entre 1996 e 2020. Na metade da década de 90 a cidade tinha 157 mil eleitores e vinte e quatro anos depois o eleitorado da cidade ultrapassou a marca dos 239 mil eleitores. No entanto, nos últimos quatro anos o número de eleitores em PG teve um crescimento de apenas 1%.

A diferença nos últimos anos é resultado do processo de recadastramento biométrico do município que obrigou todos os eleitores a participarem da biometria – esse foi o único período em que o eleitorado do município apresentou redução nos últimos 20 anos. Por outro lado, o maior crescimento do eleitorado no período aconteceu entre 1996 e 2000 quando o número de eleitores cresceu de 157.148 para 182.439, representando um aumento de 16,09%.

Brasil

Os números mostram que houve uma evolução de 2,66% do eleitorado brasileiro em relação às últimas eleições municipais (2016), quando 144.088.912 pessoas estavam aptas a exercer o direito de escolher seus representantes políticos.

A Unidade da Federação que teve o maior aumento do eleitorado foi o Amazonas, que passou de 2.320.326 eleitores para 2.503.269, representando uma evolução de 7,88%. O único estado que apresentou redução no número de eleitores foi o Tocantins, que caiu 0,17% (em 2016 eram 1.037.063 e em 2020 serão 1.035.289). (As informações são do portal aRede!)

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail, website ou empresa não serão publicados.

Confira outros Posts