Ponta Grossa

Prefeitura estuda viabilidade de implantar sistema de distribuição de água tratada em Itaiacoca

A Prefeitura de Ponta Grossa, através da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SMAPA) estuda a viabilidade de implantar uma rede de distribuição de água na região de Itaiacoca. Nesta quarta-feira (5), uma reunião foi realizada junto com a vice-prefeita Elizabeth Schmidt, o Secretário de Fazenda Cláudio Grokoviski e o vereador Maurício Silva (PSB) para debater as necessidades para a formalização da proposta. Caso aprovada, a rede de saneamento beneficiará as comunidades de Campina e Lagoa dos Pintos.

“Na região já há um poço que foi perfurado em 2018, o que queremos agora é possibilitar que as comunidades tenham água de qualidade e, consequentemente, melhoria de vida. Estamos levantando os recursos necessários e se preciso iremos buscar parcerias com o Governo do Estado para colocar a ideia em prática”, destaca a vice-prefeita.

Para a disponibilização da rede de distribuição de água na região de Itaiacoca será necessário implantar um espaço para tratamento de água, uma nova adutora e um reservatório de água tratada. De acordo com o secretário da SMAPA, Bruno Costa, assim que iniciada, a construção leva em torno de 60 dias para ser finalizada.

“A região de Itaiacoca concentra pequenos, médios e grandes produtores. A intenção é possibilitar uma melhor qualidade de vida para essa população das regiões Campina e Lagoa dos Pintos. Sabemos das necessidades dos agricultores, principalmente com essa estiagem dos últimos meses e estamos nos mobilizando para auxiliá-los. A água, dessa forma, será para uso doméstico, consumo próprio e também para utilização na lavoura e no campo”, ressalta Bruno, que participou da reunião, junto com o Diretor Administrativo da SMAPA, Alexandre Oliveira, e a engenheira agrônoma, Patrícia Striquer. (Com assessoria)

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail, website ou empresa não serão publicados.

Confira outros Posts