Cidades

Hospital Regional de Telêmaco Borba abre mais leitos de UTI

O Governo do Estado abre dez novos leitos de UTI no Hospital Regional de Telêmaco Borba, nos Campos Gerais, exclusivos para atendimento de pacientes com a Covid-19 a partir deste sábado. Cinco deles já começam a funcionar de imediato e mais cinco nos próximos dias. A unidade passa a contar agora com 20 leitos de UTI.

A abertura segue o cronograma de ampliação da rede do enfrentamento da pandemia, estabelecido pela Secretaria de Estado da Saúde. A rede chega agora chega a 1.074 leitos exclusivos.

Nesta sexta-feira (31), o Governo do Paraná recebeu a doação de dez respiradores da Klabin. Segundo o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, o auxílio da empresa está sendo fundamental e vai ajudar a salvar muitas vidas.

“Hoje recebemos, em nome do governador Ratinho Junior, os equipamentos doados pela empresa. É uma parceria que está dando certo, com o apoio de todos, e que faz parte da nossa estratégia de colocar para funcionar as unidades próprias. Este é um belo hospital e muitas pessoas serão salvas aqui, seja neste período ou mesmo depois desta crise”, afirmou Beto Preto.

Esta é a segunda etapa da parceria entre o Estado e a Klabin, que já investiu cerca de R$ 1,5 milhão nas obras de reparo, adequação e manutenção de estrutura do hospital de Telêmaco Borba, além de equipamentos.

“A Klabin tem ciência do seu papel e das ações na comunidade e por isso está junto nessa batalha para colaborar. Desde o início da pandemia, temos auxiliado, sabendo também da nossa responsabilidade, e assim vamos continuar fazendo”, disse o gerente de gente e gestão da indústria, Adolfo Furtado.

NOVOS HOSPITAIS – Além dos leitos de UTI, O Hospital Regional de Telêmaco Borba ainda tem 30 leitos de enfermaria. A unidade abriu as portas no dia 1º de junho e e faz parte da política de ampliação da rede própria, que conta com os novos Hospitais Regionais de Guarapuava e Ivaiporã, exclusivos para pacientes com coronavírus.

A Santa Casa de Misericórdia de Ponta Grossa será a gestora da unidade e o custeio será por conta da Secretaria da Saúde. Sete municípios da região serão contemplados com a estrutura: Telêmaco Borba, Curiúva, Imbaú, Ortigueira, Reserva, Tibagi e Ventania.

“O DNA da Santa Casa é servir e agora com estes leitos adicionais, vamos atender este momento da pandemia. Toda a expertise da Santa Casa será a mesma adotada aqui neste hospital. Estamos muito felizes de poder ajudar”, afirmou o gerente da Santa Casa, Paulo Gustavo Bozz Serla.

Fonte: AEN/divulgação

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail, website ou empresa não serão publicados.

Confira outros Posts