Destaques

Em nota, Sanepar afirma que servidores alvo de operação do Gaeco foram afastados

A Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) emitiu uma nota no início da tarde desta segunda-feira (20) em que se manifesta pela primeira vez depois da operação Ductos, deflagrada pelo Gaeco com alvo em funcionários da estatal e empresários que prestaram serviços à Companhia.

Segundo a nota, a Sanepar já afastou os servidores alvo da operação do Gaeco e frisa que a Companhia “está tomando todas as providências para apurar os fatos e possíveis condutas de empregados e fornecedores”.

Leia a nota na íntegra:

“A diretoria da Sanepar está acompanhando, desde as primeiras horas desta segunda-feira (20), o trabalho do GAECO na operação Ductos, que teve início há dois anos. A empresa está disponibilizando todas as informações e franqueando o acesso a todas às suas unidades, bem como a documentos e equipamentos em todas as áreas.

A Sanepar aguarda o resultado das investigações para proceder também as medidas administrativas cabíveis. A diretoria da empresa reafirma o compromisso com medidas de probidade e reitera apoio irrestrito a esta investigação e se coloca como parte interessada.

Todos os funcionários envolvidos na operação do GAECO estão sendo imediatamente afastados e, internamente, a Companhia também está tomando todas as providências para apurar os fatos e possíveis condutas de empregados e fornecedores”.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail, website ou empresa não serão publicados.

Confira outros Posts