Destaques

Aulas não voltam antes de setembro no Paraná, afirma Ratinho Jr.

Nesta quinta-feira (09) em entrevista a RPC de Curitiba, o governador, Carlos Massa Ratinho Júnior (PSD), afirmou que “ter uma data de volta às aulas seria uma previsão falsa” devido ao novo coronavírus. Além disso, frisou a importância do isolamento social, do uso de equipamentos de proteção individual (EPI) e da fiscalização no período da pandemia.

Volta às aulas

“Você acha que eu seria louco de colocar as crianças em risco neste momento?”, respondeu o governador quando foi explicar a fake news que circula nos meios virtuais, sobre o retorno das aulas em colégios estaduais no dia 17 de agosto. Ele acredita ser muito difícil que às aulas voltem antes de setembro.

Segundo Ratinho Jr. existe um Comitê que trabalha “em como deve acontecer a retomada das aulas”, mas não existe uma data prevista para isso. Além disso, ele relatou que as crianças dos colégios estaduais recebem os conteúdos das aulas de forma online há quatro meses.

“Estamos pagando internet para famílias mais carentes, para que os alunos tenham acesso ao conteúdo escolar. […] E não vou voltar às aulas e colocar em risco nossos alunos, professores, diretores”, explicou o governador.

Isolamento social

Durante a entrevista, o governador voltou a afirma sobre a importância do isolamento social para a contenção e disseminação do coronavírus.

“A média de isolamento social do estado é 37%, o ideal é acima de 55%”, explica.

Outra forma de conter a pandemia é a utilização de máscaras. Ratinho Jr. afirmou ser “muito ruim colocar a policia pra fiscalizar uma ação tão simples mas que ajuda tanto”. Ele ainda comentou que a não utilização de máscara é um desrespeito com o próximo.

Ainda sobre o isolamento, o governador afirmou que enquanto não sair a vacina “vamos ficar em busca da solução da melhor forma de convívio”, comenta.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail, website ou empresa não serão publicados.

Confira outros Posts