Política

Rudolf destaca lei que deve incentivar a retomada econômica em PG

O vereador Rudolf Polaco (PSL) destacou a importância do projeto de lei (110/2020), conhecida como “lei da liberdade econômica”. Aprovada em segunda discussão nesta quarta-feira (24), a proposta deverá ser encaminhada para a sanção do prefeito Marcelo Rangel (PSDB). Na visão de Rudolf, a lei será fundamental para a retomada gradual da economia na cidade.

Rudolf destacou que a lei foi aprovada em um momento fundamental para a economia e a sociedade. “Neste momento de pandemia, vivemos dificuldades no setor econômico e a lei que trata da liberdade de ação econômica deverá dar fôlego aos setores produtivos neste momento tão difícil que todos nós temos enfrentado. Acredito ser uma proposta louvável neste sentido”, contou Polaco.

O texto foi redigido pelo executivo municipal, com especial participação do secretário de Fazenda, Cláudio Grokoviski, e da coordenadora da Sala do Empreendedor, Tonia Mansani. “A própria iniciativa mostra a competência e agilidade de Claudio e da Tonia em ofertar uma resposta da Prefeitura a um problema tão grave como esse que estamos vivendo atualmente”, conta Rudolf.

Emprego e renda

O vereador teve passagens pela Secretaria Municipal de Cidadania e Segurança Pública e pela Agência do Trabalhador antes de ingressar na Câmara e destaca a importância da medida para incentivar a criação de novos postos de emprego e de geração de renda. “A agilidade na abertura de empresas garantida pela lei é um dos vários passos muito importantes dados no sentido de retomar a atividade econômica”, contou.

De acordo com Rudolf, no período de pós-pandemia será necessária a participação do Estado no incentivo da atividade econômica. “Por isso, essa lei que oferece mais agilidade e garante novas condições de circulação econômica é fundamental para colocar nossa cidade um passo à frente nesse futuro breve da pós-pandemia”, destacou o vereador do PSL e integrante da base governista. (Com assessoria)

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail, website ou empresa não serão publicados.

Confira outros Posts