Ponta Grossa

ACIPG cria marketplace para Ponta Grossa

A maneira das pessoas comprarem no mundo já não era a mesma, porém, após pandemia do novo coronavirus, as relações de mercado aceleraram o crescimento das compras digitais. Em virtude disso, a Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa (ACIPG) inicia os trabalhos com empresários locais para a criação do Compra PG, o primeiro marketplace genuinamente ponta-grossense que foi criado para oferecer todo tipo de produtos e serviços nos mais diferentes segmentos, estimulando o consumo de produtos e serviços de empresas da cidade de
Ponta Grossa.

Uma pesquisa realizada pela Ebit/Nielsen Company, empresa global de mensuração e análise de dados, aponta que somente no primeiro semestre de 2019, o setor de marketplace registrou um crescimento de 13%, enquanto foram 12% da média do e-commerce. O faturamento, por sua vez, foi de R$ 17,6 bilhões, enquanto o e-commerce faturou R$ 26,4 bilhões.

“Este modelo de negócios vem crescendo no mundo inteiro e hoje já representa uma fatia expressiva do comércio pela internet”, relata Carlos Tsukada, diretor de Soluções Empresariais da ACIPG.

O que é o marketplace

Para quem ainda não sabe, marketplace é uma plataforma de vendas online, como se fosse um shopping center, mas na tela do computador, ou na palma da mão através de aplicativos em que diversos lojistas e marcas podem não apenas divulgar, mas também consolidar a venda diretamente com o consumidor. Segundo a pesquisa da Ebit/Nielsen Company a categoria de maior destaque é vestuário e acessórios, seguido pelos setores de eletrodomésticos, bem como, casa e decoração.

Parceria 

O gerente regional do Sebrae/PR, em Ponta Grossa, Joel Franzim Junior, explica que a parceria com a ACIPG na iniciativa, se dá pelo fato de já se estar vislumbrando o cenário pós-pandemia e a importância do mundo digital para o varejo.

“Estamos muito atentos a este movimento e já estamos com um processo desenvolvido para a preparação das empresas varejistas que queiram entrar neste mundo do comércio eletrônico. O objetivo é mostrar para os empresários que este é um modelo de negócio diferente e complementar ao que ele já tem hoje, bem como, ressaltar a importância de a empresa ter mais de um canal de venda estruturado”, justifica Franzim Junior.

Ecossistema multicanal

O diretor de Comunicação e Marketing da ACIPG, Athos Sá, explica que o Compra PG é um ecossistema multicanal completo, com marketplace web e com um modulo delivery funcionando pelo aplicativo que pode ser baixado na Google Play ou na Apple Store. De acordo com ele, a plataforma além de ser uma vitrine para o empresariado ponta-grossense, auxiliará tanto neste momento de pandemia, mas principalmente deixará os produtos e serviços dos associados em evidência em um único canal de compras digital.

“O Compra PG é a transformação do mercado local pelo advento digital. Especialistas apontam que a principal razão da utilização de marketplaces não seria apenas a intenção de compra, mas a de comparação de preços, aliado a exploração das páginas do canal pela procura de mais informações sobre determinado produto e avaliações de outros
consumidores para terem como referência na hora de comprar”, disse.

Sá complementa que um marketplace local tem inúmeras vantagens para os clientes tanto para troca e garantia de produtos, como na entrega em tempo real.

“Porém as vantagens para a cidade são muito maiores. Quem compra no comércio local, investe no próprio município no fortalecimento das empresas e por consequência na geração de empregos e desenvolvimento econômico”, ressalta o diretor.

Importância 

Tsukada comenta que a plataforma já está pronta e o momento agora é de sensibilizar o empresariado da importância da ferramenta para o atual cenário tecnológico, como também da mudança de comportamento ocasionado
pela Covid-19.

“Com o Compra PG, a ACIPG reafirma sua missão de fortalecer as empresas locais, promovendo o desenvolvimento da economia e da cidade, ressaltando os valores do associativismo. Logo que tenhamos uma quantidade adequada, de empresas, disponibilizaremos ao público”, finaliza. (Com assessoria)

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail, website ou empresa não serão publicados.

Confira outros Posts