Eleições Política

TSE firma parceria com redes sociais em guia voltado para mulheres na política

A presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministra Rosa Weber, participou na tarde desta segunda-feira (11) de videoconferência com representantes do Facebook e do Instagram para tratar do lançamento do Guia do Instagram para Mulheres na Política. O documento está sendo desenvolvido em parceria com a ONU Mulheres e deve ser lançado no próximo mês. “Sinto prazer em poder participar de uma iniciativa tão relevante quanto esta”, afirmou a ministra, que tem no incentivo à participação feminina na política um dos marcos de sua gestão.

Embora o lançamento esteja previsto para junho, esta é uma pauta que vai ao encontro de iniciativas da ministra Rosa Weber na Presidência do TSE e por isso as plataformas decidiram apresentar a proposta para receber sugestões da presidente e do Comitê de Gênero do Tribunal. O Guia trata de um tema inerente às mulheres e aos avanços que a ministra realizou neste sentido.

Como presidente do TSE, a ministra Rosa Weber instituiu a Comissão Gestora de Política de Gênero – TSE Mulheres, lançou uma campanha institucional em emissoras de rádio e TV fomentando a participação das mulheres na política, e criou uma página na internet dedicada a divulgar dados, informações históricas e fomentar a participação feminina. “Estamos reafirmando, mais uma vez, a parceria entre o Tribunal Superior Eleitoral e as plataformas de redes sociais, desta vez dentro da perspectiva da participação feminina na política, tema tão caro para que alcancemos uma democracia mais justa e plural”, afirmou Julianna Sesconetto, coordenadora da Comissão TSE Mulheres.

Segundo declaração do porta-voz do Facebook, as pessoas usam a plataforma para interagir com o que é mais importante para elas, e isso inclui eleições. “É por isso que desenvolvemos ferramentas para apoiar o engajamento cívico ao redor do mundo. No Brasil, recentemente trabalhamos com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para lançar um lembrete para que as pessoas conhecessem os serviços on-line da Justiça Eleitoral e, se necessário, emitissem seus títulos de eleitor”, disse.  Além disso, durante as Eleições Gerais de 2018 foram lançados lembretes nos dias de votação indicando como as pessoas poderiam encontrar seus postos de votação. “Essa iniciativa informativa, também fruto de trabalho conjunto com o TSE, foi vista por milhões de Brasileiros nos dois turnos da eleição”, complementou o porta-voz.

Guia

O Instagram é uma das plataformas mais usadas pelas mulheres já atuantes na política e por candidatas no Brasil. Nesse sentido, o guia servirá como um recurso para que elas conheçam as ferramentas que a plataforma oferece para que elas possam se manter seguras e também aproveitar o melhor das interações on-line com a população. Dados apontam que as mulheres candidatas são vítimas de ataques virtuais em uma proporção maior que os candidatos homens.

A inspiração para o Guia no Brasil vem da edição lançada no ano passado durante as eleições na Argentina, também em parceria com ONU Mulheres. Para o Brasil, serão lançados dois guias que se complementam: um com dicas do Instagram e outro mais completo assinado pela ONU Mulheres e PNUD que trata sobre violência contra as mulheres nas eleições. Esse último Guia é uma tradução e adaptação da publicação com dados globais ao contexto brasileiro, com a inclusão da legislação nacional e a incorporação da perspectiva racial.

Também participaram da videoconferência com a ministra Rosa Weber o representante do Instagram, Gabriel Recalde, a representante do Facebook, Kaliana Kalache, a assessora-chefe de Comunicação do TSE, Ana Cristina Rosa, que também integra a Comissão TSE Mulheres, e o juiz auxiliar da Presidência da Corte, Ricardo Fioreze. (As informações são do TSE)

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail, website ou empresa não serão publicados.

Confira outros Posts