Destaques

Governo destina R$ 13,6 milhões para municípios paranaenses

O Governo do Estado destina R$ 13,6 milhões para 21 municípios da Região Sudoeste do Paraná. Os recursos são para a execução de obras estruturantes e novos investimentos na área da saúde. O anúncio foi feito pelo vice-governador Darci Piana nesta sexta-feira (13), dentro da agenda de transferência da sede do governo para Francisco Beltrão.

“Trouxemos o Governo do Paraná para perto da população desta região. São recursos para diversos municípios e várias obras essenciais para mudar a vida das pessoas”, destacou Piana. “Mesmo com o momento conturbado da economia mundial, o Estado do Paraná segue investindo, se destacando no País”, acrescentou.

Os investimentos são divididos em ações de três secretarias. O maior volume é relacionado à saúde. São R$ 6 milhões para aquisição de veículos e equipamentos hospitalares destinados a 16 cidades.

Além disso, estão previstas a construção de uma unidade de saúde em Capanema e reformas dos postos de atendimento de Cruzeiro do Iguaçu, Nova Prata do Iguaçu e Santa Izabel do Oeste. “O Sudoeste é uma região muito importante do Estado, que precisa de um olhar atento do Governo para suas necessidades”, ressaltou o vice-governador.

Hospital Regional

Ficou estabelecido, também, que o Estado vai começar a obra de ampliação do Hospital Regional de Francisco Beltrão. O investimento é estimado em R$ 7 milhões e será fruto da sobra de caixa da Assembleia Legislativa que será devolvida ao Estado.

“Precisamos ampliar o espaço para a instalação de um novo aparelho de hemodinâmica que vai atender toda a região”, explicou Ademar Traiano, presidente da Assembleia Legislativa do Paraná. “Uma obra importantíssima, poderemos iniciar esse atendimento à população”, reforçou o prefeito de Francisco Beltrão, Cleber Fontana.

Asfalto

Já a secretaria de Infraestrutura e Logística destina R$ 5,5 milhões para a recuperação asfáltica nos municípios de Mariópolis e Pranchita. A contrapartida dos municípios é de R$ 730 mil. Serão 5,6 quilômetros na estrada municipal MP-010, em Mariópolis, e 5 quilômetros no trecho entre a BR-163 e a comunidade São Roque, em Pranchita. “Essas ações demonstram o respeito do Estado para com a região como um todo. Liberamos dois convênios importantes que atendem reivindicações antigas das cidades”, disse Sandro Alex, secretário da Infraestrutura Logística.

Trincheira

Foi confirmada a construção de uma trincheira para resolver o gargalo urbano de Dois Vizinhos. A estrutura será erguida na Avenida Rio Grande do Sul, no entroncamento com a Rua Mario de Barros e a Travessa Santo Pinto Pedroso, garantindo mais fluidez e segurança no trânsito da cidade.

A ordem de serviço foi assinada nesta sexta-feira. O investimento por parte da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas é de R$ 2,1 milhões. A liberação se dá via Sistema de Financiamento dos Municípios (SFM), linha operada pela Fomento Paraná e Paranacidade.

A obra vai resolver a ligação entre as regiões Norte e Sul da cidade. De acordo com o secretário de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas, João Carlos Ortega, o cruzamento é um gargalo perigoso no trânsito que põe em risco a integridade física de milhares de usuários diariamente.

Ortega reforçou que o investimento vai melhorar a qualidade de vida dos cidadãos e gerar desenvolvimento social. “São investimentos importantes em parceria com os municípios. Precisamos estar perto da população para ajudar naquilo que é essencial e prioritário”, afirmou.

A construção da trincheira (obra de arte especial) será com estruturas em concreto armado. A obra inclui serviços preliminares, terraplenagem, base e sub-base, revestimento, meio- fio e sarjeta, paisagismo e urbanismo, sinalização de trânsito, drenagem de águas pluviais, ensaios tecnológicos e placas de comunicação visual.

Aeroporto

Ainda durante o evento, a prefeitura de Renascença entregou ao vice-governador Darci Piana o decreto municipal que declara de utilidade pública a área do futuro aeroporto regional que será erguido na cidade e pretende atender toda a região.

O prefeito Cleber Fontana enfatizou a importância das obras e afirmou que elas prepararam a cidade para o futuro. “São obras importantes que preparam a cidade para o crescimento, para o aumento da população, da frota de veiculos e do movimento em geral”, afirmou ele.

Transferência de Governo

Essa foi a sexta vez que a sede administrativa do governo estadual saiu de Curitiba para uma cidade do interior do Estado, a primeira em 2020. No ano passado, em fevereiro, o Poder Executivo migrou para Cascavel, no Oeste, durante o Show Rural. Em abril foi a vez de Londrina, no Norte, durante a ExpoLondrina, e em maio Maringá, paralelamente à Expoingá. Em Ponta Grossa, a transferência ocorreu durante a Feira do Paraná, em outubro. Pato Branco, no mês de novembro, encerrou a série de 2019.

Presenças

Estiveram presentes na solenidade de anúncio de recursos os secretários Guto Silva (Casa Civil), Sandro Alex (Infraestrutura e Logística), Norberto Ortigara (Agricultura e Abastecimento), e Valdemar Bernardo Jorge (Planejamento e Projetos Estruturantes); o deputado federal Vermelho; o presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, Ademar Traiano, e os deputados estaduais Nelson Luersen, Luiz Fernando Guerra, Luciana Rafagnin, Wilmar Reichemback e Paulo Litro; o diretor-presidente da Cohapar, Jorge Lange; o diretor-presidente do Tecpar, Jorge Callado; o diretor-presidente da Fomento Paraná, Heraldo Neves; o diretor-geral do Detran, Cesar Vinicius Kogut; o coordenador estadual da Defesa Civil, Fernando Raimundo Schünig; o comandante-geral da Polícia Militar do Paraná, Péricles de Matos; o presidente da Amsop e prefeito de Salto do Lontra, Maurício Baú; o presidente da Câmara de Vereadores de Francisco Beltrão, Carlos Kniphoff; o presidente da Associação Empresarial de Francisco Beltrão, Tarsizio Bonetti; além de lideranças dos municípios da região.

Confirmadas obras de melhorias na PR-280

Secretário da Infraestrutura e Logística, Sandro Alex confirmou que o Estado vai começar ainda neste ano as obras de ampliação e melhoria da PR-280, principal corredor logístico da Região Sudoeste.

Segundo ele, mesmo com a rodovia integrando o pacote de concessões do Governo Federal, que vai permitir a criação de um novo Anel de Integração, o Governo do Estado vai investir na construção de terceiras faixas e na melhoria do pavimento asfáltico.

“Essa artéria é muito importante para o Estado e estava sem manutenção. O Governo do Estado trata como prioridade e já está separado o dinheiro para começar a obra ainda neste ano”, destacou o secretário. Prevista para ocorrer até o início do próximo ano, o leilão fará com que o Paraná passe de 2,5 mil quilômetros para 4,1 mil quilômetros de rodovias pedagiadas. (Com assessoria)

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail, website ou empresa não serão publicados.

Confira outros Posts