Ponta Grossa

Mercado da Família tem opções de peixes mais em conta nesta ‘quaresma’

Neste mês de março, as quatro unidades do Mercado da Família de Ponta Grossa estão com os estoques abastecidos de pescados, que são encontrados com preços abaixo dos que são vendidos em outros mercados da cidade. Isso porque a demanda deste período costuma ser maior do que em outras épocas do ano, por conta da quaresma, vivenciada por muitos cristãos como um tempo de se abster de carnes vermelhas nas quartas e sextas-feiras.

A venda de pescados é feita durante todo o ano no Mercado da Família, mas neste período do ano, a compra dos peixes por parte da Prefeitura de Ponta Grossa se intensifica, por conta da demanda dos clientes.

Opções de pescados

Nas quatro unidades já estão disponíveis as opções de posta de tilápia e filé de merluza. De acordo com o diretor do programa da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SMAPA), Fabiano Barbosa, até a ‘semana santa’, haverá também a opção do filé de tilápia, que será vendido a um preço mais acessível do que em outros estabelecimentos comerciais da cidade.

Os preços

Nas unidades do Mercado da Família, o quilo da posta de tilápia é comercializado por R$ 15,98. Em alguns mercados da cidade, a mesma quantidade é vendida por mais de R$ 20, chegando até a R$ 27. O filé de merluza é um pouco mais caro, mas, mesmo assim, consegue ser menor do que o preço estabelecido nos mercados convencionais. No Mercado da Família, 800 gramas do pescado custam R$ 21,98. Nos outros comércios, o mesmo peixe é vendido por R$ 26.

Importância do Mercado da Família

Conforme o secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Bruno Costa, o Mercado da Família é um importante instrumento para garantir o abastecimento da população, principalmente das famílias que se encontram em situações de vulnerabilidade econômica.

“O programa garante que os cidadãos possam adquirir alimentos mais acessíveis e de qualidade. Um exemplo é o arroz. Um pacote de cinco quilos é comercializado por R$ 10,48; enquanto que em outros mercados esse preço chega a R$ 13”, destaca Bruno.

Segundo Fabiano, para estabelecer os preços dos produtos do Mercado da Família, a equipe da SMAPA faz uma pesquisa de campo nos comércios da cidade para verificar o comportamento dos preços e poder, então, ter uma noção de qual valor seria mais acessível para o cidadão. Para a Páscoa, a intenção da secretaria é também disponibilizar a venda de caixas de bombons para as famílias.

Como se cadastrar  

Para participar do Mercado da Família é necessário ir em uma das quatro unidades e levar documentos de todos os integrantes da família, como RG, CPF, comprovante de residência e comprovante de renda ou declaração de trabalho autônomo autenticada. O cadastro é permitido às famílias que possuem renda salarial de até 3 salários e meio. Assim que o cadastro for concluído, cada família tem o limite de gastos de R$ 788, por mês.

Localização

As unidades do Mercado da Família localizam-se no Centro, Parque Nossa Senhora das Graças, Maria Otília e Santa Paula. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira das 9h às 18h. (Com assessoria)

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail, website ou empresa não serão publicados.

Confira outros Posts