Destaques

Pauliki e Aliel não seriam candidatos se eu vier a ser, diz Jocelito

O ex-prefeito e ex-deputado estadual Jocelito Canto declarou em seu programa, na Rádio Difusora, que volta a pensar em uma candidatura para prefeito de Ponta Grossa. Conforme ele, um pedido das filhas Mabel, deputada estadual, e Jocemeuri Canto, o fez repensar da decisão de deixar a vida pública.

Longe de um mandato desde que deixou o cargo de deputado estadual, em 2010, quando iniciou um período de inelegibilidade, por conta de processos do tempo em que foi prefeito, entre 1997 e 2000, agora o comunicador volta a colocar o nome como prefeiturável.

De acordo com o radialista, além do pedido das filhas, pesa para uma possível candidatura o que ele chama de “pressão” de amigos e aliados políticos. Jocelito disse ainda que mantém diálogo estreito com o ex-deputado estadual e também pré-candidato a prefeito, Marcio Pauliki (SD), e com o deputado federal e pré-candidato à Prefeitura, Aliel Machado (PSB). Jocelito declarou que ambos podem deixar de lado o projeto de disputar a eleição para formar uma ampla frente em torno da sua candidatura.

“Há um entendimento de que o Marcio Pauliki não seria candidato e que o Aliel Machado não seria candidato, e pode ocorrer que todo o grupo se una em torno de uma candidatura se eu vier a ser candidato. Eles me apoiariam. Tudo isso está sendo discutido”, declarou Jocelito no rádio.

Pauliki e Aliel

O Doc.com procurou Pauliki e Aliel para que comentassem a declaração de Jocelito.

Pauliki disse que a sua prioridade no momento é concluir o programa de Governo denominado por ele de PG+200. Nele, vão constar propostas para serem debatidas durante as eleições. Ele pretende registrar o programa em cartório já na terça-feira que vem, dia 10 de março. “Acredito que pré-candidaturas deverão ser discutidas na sequência e não agora”, afirmou Pauliki.

Por sua vez, Aliel Machado disse que a possibilidade de apoiar Jocelito existe, assim como também é possível que receba o apoio do comunicador. “Tanto ele pode me apoiar, quanto eu apoiá-lo”, declarou Aliel.

Situação na Justiça Eleitoral

No meio político, existe uma dúvida em relação ao término do período em que Jocelito estaria inelegível. Ou seja, se ele está ou não apto a ser candidato nestas eleições. Até o mês de fevereiro, o próprio staff do ex-prefeito considerava que ele ainda estava impossibilitado de ser candidato. Entretanto, depois de um levantamento jurídico a respeito, feito no último final de semana, mudou tal entendimento. Agora, Jocelito garante que poderá disputar o processo eleitoral.

Conforme um especialista em legislação eleitoral procurado pelo Doc.com, se os oito anos dos direitos políticos cassados terminarem em 2020, Jocelito poderia recorrer à Justiça para ser candidato, tendo em vista que o mandato, em caso de vitória nas urnas, só começa em 2021. Entretanto, outros juristas ouvidos entendem que, para ser candidato, Jocelito precisaria estar com a situação regular já no próximo dia 04 de abril, quando encerra o prazo para estar filiado a um partido político com fins de candidatura.

O que os especialistas concordam é de que no Direito tudo pode ser contestado. Portanto, mesmo sob uma medida liminar, as chances de Jocelito ser candidato existem.

Para finalizar, o staff do ex-prefeito garante que, caso o patriarca tenha a candidatura negada pela Justiça Eleitoral, o nome da deputada estadual e filha do comunicador, Mabel Canto, estará à disposição para ser candidata ao Palácio da Ronda.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail, website ou empresa não serão publicados.

Confira outros Posts