Destaques

Mais de 160 produtores vão fornecer alimentos ao Feira Verde em 2020

A Prefeitura de Ponta Grossa, através da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, realizou uma cerimônia de assinatura dos contratos com produtores da agricultura família para o programa Feira Verde neste ano de 2020. O evento aconteceu na manhã desta terça-feira (3), no Centro Agropecuário Municipal.

A assinatura dos contratos prevê o fornecimento de verduras, legumes e frutas por parte dos produtores rurais para o Feira Verde. Em troca dos alimentos, os agricultores recebem um repasse da Prefeitura de R$ 8 mil para que os alimentos sejam providos durante o programa neste ano. Foram 161 produtores que firmaram o compromisso com a Prefeitura. Esse montante equivale a mais de R$ 1,2 milhão de investimento.

O programa Feira Verde estimula a troca de materiais recicláveis por alimentos e vale transporte. A cada quatro quilos de recicláveis trocados, o cidadão tem direito a um quilo de alimento. Boa parte das hortaliças, frutas e legumes que são fornecidos para a população são derivados da agricultura familiar, por meio do contrato da Prefeitura com os produtores rurais do município.

Resultados

No primeiro mês de Feira Verde neste ano de 2020, o programa superou os resultados do mesmo período de 2019. Foram 4526 pessoas que participaram, enquanto em 2019 esse número foi de 4091. Os resultados do mês de fevereiro culminaram na entrega de 36,8 mil quilos de alimentos, 147,2 mil quilos de recicláveis trocados e 2594 créditos de bilhetagem de ônibus fornecidos aos participantes das trocas.

Uma das autoridades presentes na cerimônia foi a vice-prefeita, Elizabeth Schmidt, que aproveitou para ressaltar a importância dos agricultores para a sociedade e a essencialidade do programa Feira Verde para o município.

“O programa atinge um grande ciclo. Dá destinação correta aos materiais recicláveis, que são cerca de 3 mil toneladas ao ano; promove uma alimentação digna para as famílias; e estimula a produção local, pois são os agricultores quem assinam esses contratos. Além desses três benefícios, é importante destacar que os materiais trocados no programa são destinados às cooperativas de recicláveis da cidade, o que quer dizer que o processo também envolve aproximadamente 170 famílias. Todo o ciclo impacta na saúde púbica e na limpeza da cidade, ao mesmo tempo que reconhece o trabalho realizado pelos produtores da região”, destaca a vice-prefeita.

O Feira Verde existe em Ponta Grossa desde 2007. No início eram 28 pontos de troca. Neste ano de 2020 são 177. O programa já foi reconhecido nacionalmente pelo impacto que produz na sociedade. De acordo com o secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Bruno Costa, o compromisso da pasta é fazer com que os hortifrutigranjeiros cresçam cada vez mais, incentivando-os na produção.

“Os programas da Prefeitura são algumas das fontes entre o agricultor e o consumidor. Então a intenção da secretaria é colocar os produtores em evidência, porque são eles quem garante boa parte da alimentação do nosso município. Esse contrato com o Feira Verde possibilita que eles continuem produzindo, com a prerrogativa de que conseguirão vender seus produtos”, afirma Bruno.

Oportunidade

A agricultora Alcione Phawilok é uma das que firmou o contrato com a Prefeitura para fornecer alimentos para o Feira Verde em troca de R$ 8 mil. Para a mulher, o programa é uma oportunidade que a família tem de conseguir aproveitar os alimentos cultivados durante o ano. “É uma forma de abrir portas para nós, né?! Porque muitas vezes nós temos mercadoria, mas não temos onde colocar e nem como vender tudo. O Feira Verde nos dá a segurança de que poderemos produzir que não perderemos a safra”, diz Alcione, que mantém em sua produção alface, milho verde, repolho, brócolis, abobrinha, pimentão etc.

A cerimônia contou com a participação da vice-prefeita; do secretário Bruno Costa; do presidente da Associação de Hortifrutigranjeiros de Ponta Grossa, Romualdo Siuta; do vereador Divo (PSC); do diretor do programa Feira Verde, Izidorio Campos; e do secretário de Governo, Maurício Silva.

Para os produtores realizarem a entrega dos alimentos, é necessário agendar um horário com a SMAPA pelo telefone 3220-100, ramal 2081. Assim que realizado o agendamento, as entregas devem ser feitas no depósito do Feira Verde, que se localiza na rua Vicente Sposito, 170, no bairro Uvaranas. (Com assessoria)

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail, website ou empresa não serão publicados.

Confira outros Posts