Destaques

Marco do Turismo em PG, concessão de Vila Velha será formalizada nesta quarta-feira

Um dos mais esperados momentos do Turismo de Ponta Grossa e dos Campos Gerais, a concessão do Parque de Vila Velha será formalizada nesta quarta-feira (19) às 17 horas. O evento de assinatura do contrato com a empresa vencedora do certame contará com a presença do Prefeito Marcelo Rangel e do Governador Carlos Massa ‘Ratinho’ Jr, do secretário de Turismo de Ponta Grossa, Edgar Hampf, e do o secretário de Estado do Desenvolvimento Ambiental e Turismo, Márcio Nunes, além de representantes da concessionária e autoridades do Município e do Estado do Paraná.

“Este é um grande momento para a cidade de Ponta Grossa, que agora dá mais um passo em direção à sua consolidação como um dos mais importantes destinos turísticos do Brasil. A concessão é um trabalho amplo e complexo e que só pode ser viabilizado através da parceria afinada entre a Prefeitura e o Governo do Paraná. E isso não se limita apenas aos aspectos do Parque, mas também engloba a melhoria da infraestrutura da cidade e do nosso aeroporto, que tem crescido constantemente e se tornado referência no país, disponibilizando voos para diversos destinos, incluindo Congonhas e Foz do Iguaçu, e inserindo Ponta Grossa no mapa do Turismo nacional. A facilidade em chegar até a cidade e de poder se deslocar para outros grandes centros como São Paulo e Foz do Iguaçu devem ampliar a relevância da cidade nos roteiros turísticos e também irá contribuir para o incremento de serviços relacionados a essa cadeia, fomentando os setores de logística, hospedagem e serviços. Com certeza, estamos no momento de um grande salto no desenvolvimento de Ponta Grossa”, destaca o prefeito Marcelo Rangel.

Para o secretário de Turismo, Edgar Hampf, a concretização da concessão de Vila Velha trará mais atrações para o local, além de contribuir para a conservação do Parque e a consolidação de Ponta Grossa como um dos principais destinos do país. Ele também aponta a possibilidade de o fortalecimento de Vila Velha contribuir para a ampliação de visitantes não só em Ponta Grossa, mas em toda a região.

“Sem dúvida, Ponta Grossa já é um dos pontos estratégicos para a implementação de uma nova do turismo do Paraná e o impacto proveniente disso poderá ser sentido pelas cidades do entorno também, uma vez que os Campos Gerais estão entre as paisagens mais bonitas do Brasil. É indiscutível que entraremos em uma nova fase, com produtos turísticos de imensa qualidade e variedade, e grandes e positivas expectativas para a nossa cidade”, declara.

“Além disso, o impacto da concessão também deve gerar um incremento da demanda por serviços turísticos. Isso vai alavancar todo o setor de serviços da cidade, que já responde por quase 60% da economia local. Com uma demanda maior por serviços de várias categorias, também haverá uma resposta interessante do setor: é preciso atender essa demanda. Quem ganha com tudo isso é o consumidor/residente local, que terá à disposição, além de mais recursos circulando na cidade, também outras opções de serviços que ele pode também acessar, inclusive e especialmente transporte e alimentação”, completa Hampf.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail, website ou empresa não serão publicados.

Confira outros Posts