Destaques

Prefeitura lança sistema de controle de abastecimento da frota

A Prefeitura de Ponta Grossa, através da Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos, inicia na próxima segunda-feira (20) o uso de um Sistema de Controle e Abastecimento, que garantirá fiscalização com maior rigor no que se refere ao abastecimento de veículos da frota municipal. Pelo novo sistema, o abastecimento será realizado através de um cartão magnético, em qualquer um dos 900 postos cadastrados, garantindo que toda a movimentação seja registrada em sistema.

“É mais uma ação do Município em direção a transparência total. Um sistema eficiente, que registra toda movimentação em tempo real. Para começar, o cartão magnético é vinculado à placa do veículo, impedindo que qualquer outro automóvel seja abastecido dessa forma. Além disso, toda ação fica registrada no sistema: qual secretaria o carro está vinculado, qual servidor abasteceu, qual a quilometragem do automóvel, qual combustível, quantos litros foram abastecidos e o custo total. Além de mais rigor, nossa expectativa é também reduzir o custo mensal com combustível”, avalia o prefeito, Marcelo Rangel.

Com o novo sistema, o abastecimento da frota funcionará da seguinte forma: cada um dos 250 veículos terá um cartão magnético vinculado à sua placa, que será entregue ao condutor no momento do uso juntamente com as chaves, documentação do veículo e controle de quilometragem.

Usuário e senha

Caso haja necessidade de abastecimento do tanque durante a atividade do servidor, uma fiscalização, por exemplo, basta se dirigir a qualquer um dos 900 postos cadastrados, onde o abastecimento será liberado apenas mediante a confirmação da quilometragem do veículo, do usuário e senha do condutor no sistema. O usuário será o número da matrícula do servidor no cadastro da Prefeitura e a senha será uma combinação pessoal gerada exclusivamente para este cartão magnético.

“Com o Sistema de Controle e Abastecimento, a Prefeitura fará uma fiscalização mais efetiva e rigorosa sobre as movimentações, com a possibilidade de identificação de qualquer tentativa de irregularidade e expectativa de redução na despesa com combustível, passando de R$ 2.8 milhões por ano para R$ 2.3 milhões”, detalhou o secretário de Administração e Recursos Humanos, Ricardo Linhares.

Registro por cartão

Todas as movimentações nos cartões magnéticos ficarão registradas no sistema de controle com as informações: horário, prefixo do veículo na frota, placa do automóvel, qual secretaria está vinculado, qual combustível abastecido, qual servidor conduzia, matrícula do condutor, posto em que foi abastecido, quilometragem do veículo, quantos litros foram abastecidos, custo do combustível por litro e custo total.

O novo sistema foi apresentado na manhã de hoje (17) pelo prefeito Marcelo Rangel, em reunião com o secretariado municipal. Durante a tarde, também foi realizada uma exposição sobre o novo sistema aos diretores administrativos das secretarias, para orientar o uso por parte dos servidores. (Com assessoria)

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail, website ou empresa não serão publicados.

Confira outros Posts