Ponta Grossa

37º Feira da Uva inicia na próxima 5ª feira com expectativa de vender 35 toneladas

A Prefeitura Municipal de Ponta Grossa, através da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SMAPA), realizará entre os dias 23 de janeiro e 02 de fevereiro a 37ª edição da Feira da Uva (Fesuva),, na Estação Saudade. A estimativa é vender 35 toneladas da fruta nos 11 dias de evento abertos ao público. Serão comercializadas uvas do tipo preta, branca e rosada por R$ 8,00 o quilo. Em 2019 a expectativa de venda foi superada e chegou a 37 toneladas da fruta.

Ao todo serão três espaços de venda da uva e cinco produtores de alimentos derivados à base da fruta, como cookies, geleias e doces. Quem passar pela Fesuva também poderá conferir uma praça de alimentação com barracas de alimentos italianos, food trucks e cervejarias. A 37ª Fesuva funcionará das 14h às 22h de segunda a quinta-feira e das 09h às 22h entre sexta-feira e domingo.

A abertura oficial será no dia 23 de janeiro às 15h. Durante o evento também haverá programação cultural com shows musicais, danças e apresentações de teatro, além da decoração. A grande novidade será a dança da Pisa, típica da cultura italiana. A Feira é realizada pela Prefeitura de Ponta Grossa, em parceria com o Núcleo de Alimentação para Eventos de Ponta Grossa (NAPES).

“A Feira da Uva é uma das mais tradicionais e importantes feiras de Ponta Grossa, pois promove a produção de alta qualidade dos produtores locais. Além disso, é uma oportunidade para comercialização de produtos derivados da fruta, tudo em um único espaço. Este ano ampliamos a duração da feira para que a população possa aproveitar o evento com toda a família”, explicou o secretário da SMAPA, Bruno Costa.

A presidente do Núcleo de Alimentação para Eventos de Ponta Grossa (NAPES), Geisa Santos, relata que a expectativa é aumentar o público em relação a 2019. “No ano passado nós tivemos 30 mil pessoas andando na feira. Como este ano o evento é maior, chegando a 11 dias, a gente quer redobrar esse público”, aponta.

Produção

A Feira terá dois produtores de Ponta Grossa que irão garantir as toneladas da fruta para venda. Rodrigo Sozim, filho de produtor de uva, participará do evento pela primeira vez e está animado. “Estarei com três toneladas de uva preta. Elas estão bem bonitas e doces esse ano, será muito bom participar”, relata. O parreiral da uva demora três anos para ficar pronto e dar a primeira colheita da fruta, para a produção é necessário cuidados e paciência. Após a última poda a uva leva cinco meses para ficar madura e pronta para o consumo.

Já o produtor José Carlos Alves participa há dez anos da Feira e pretende vender 23 toneladas das uvas rosada e branca durante o evento. “É uma semana com muito mais trabalho. A gente consegue tirar a mercadoria toda da roça e vender muito mais”, afirma o produtor. (Com assessoria)

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail, website ou empresa não serão publicados.

Confira outros Posts