Destaques

Polícia Militar reforça segurança com a Operação Natal 2019

A Polícia Militar passa a reforçar o policiamento ostensivo e preventivo com a Operação Natal 2019 nos 399 municípios. As atividades começam nesta segunda-feira (02) e seguem até o dia 23 de dezembro. Na Capital, o lançamento da operação ocorreu em Curitiba, na Praça Rui Barbosa, em conjunto com a Guarda Municipal.

O lançamento também foi feito nas principais cidades do Estado pelas unidades de área da PM. Em Curitiba, 300 policiais militares a mais vão reforçar a segurança durante a Operação Natal.

O aumento do policiamento é uma constante no final do ano devido a maior circulação de dinheiro por conta do pagamento do 13º salário de grande parte da população, somada ainda ao aumento do fluxo de pessoas nas lojas, bancos e lotéricas, o que demanda maior atenção das forças de segurança. Todas as atividades são aplicadas conforme a análise criminal, priorizando os locais com maior número de circulação de pessoas e de registros de crimes.

“Temos um planejamento relacionado ao nosso georreferenciamento, onde ocorre o maior índice de ocorrências em Curitiba”, disse o comandante-geral da PM, coronel Péricles de Matos.

No interior do estado, a PM também fará vários tipos de policiamento preventivo. “Neste momento, outras operações estão entrando em andamento em Foz do Iguaçu, Londrina, Maringá”, acrescentou o coronel.

O vice-prefeito de Curitiba, Eduardo Pimentel, destacou que a parceria com a Polícia Militar é essencial para que as ações de segurança pública sejam mais eficazes. Durante a Operação, a Guarda Municipal contará com 189 novos agentes na cidade. “Visando trazer mais segurança e tranquilidade vamos reforçar as ações nessa importante época do ano, aonde o comércio gira muito e precisa da nossa atuação, e será um bom efetivo na rua com a Guarda Municipal e a Polícia Militar atuando juntas nos grandes centros, trazendo segurança à população”, disse.

Estratégia

A atuação da PM nas ruas será com foco na prevenção, adotando medidas que reforcem a presença da Corporação. O planejamento inclui os seis Comandos Regionais da PM, distribuídos no Estado, mais 28 batalhões de área, além das unidades especializadas da Corporação. Em Curitiba, o 1º Comando Regional aplicará força total dos efetivos dos seis batalhões subordinados (12º, 13º, 20º, 23º, Batalhão de Trânsito e Regimento de Polícia Montada) e contará com apoio de efetivo de setores administrativos e também de unidades especializadas.

Na Capital está sendo mobilizado o policiamento com módulos móveis, viaturas e motocicletas, principalmente nas áreas comerciais do centro. O patrulhamento será o dia todo, das 7 horas às 23 horas. “Priorizamos os horários comerciais, onde teremos um incremento no policiamento com 300 policiais a mais do efetivo do dia a dia. Na madrugada e durante a noite o foco será a periferia da cidade”, explicou o Comandante do 1º Comando Regional da PM, coronel Hudson Leôncio Teixeira.

O trânsito urbano e rodoviário também recebem reforço de fiscalização pelo Batalhão de Polícia de Trânsito na Capital, pelo Batalhão de Polícia Rodoviária nas rodovias estaduais, e pelos pelotões de Trânsito das unidades de área nos demais municípios do Estado. Os trabalhos acontecerão diuturnamente, e serão reforçados nos finais de semana e feriados.

Durante a operação, a PM atua de maneira integrada com outros órgãos de segurança pública em ações distintas, com fiscalização e abordagens em locais pré-determinados por meio de uma análise criminal em Curitiba, na Região Metropolitana e nas cidades do Interior.

As proximidades dos terminais de ônibus, estações tubo e praças, que também possuem grande movimentação essa época do ano, recebem a presença constante da Polícia Militar, em conjunto com os órgãos municipais.

As unidades especializadas da corporação desempenharão papel de recobrimento de área, somando-se ao trabalho feito pelos Batalhões e Companhias Independentes, atuando em missões específicas.

Nesse esquema de segurança participam o Batalhão de Operações Especiais (BOPE), com suas seis subunidades; o Batalhão de Polícia Ambiental Força-Verde; o Batalhão de Polícia Rodoviária; o Batalhão de Polícia de Trânsito; o Regimento de Polícia Montada; o Batalhão de Patrulha Escolar Comunitária e o Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas.

Presenças

Estiveram na abertura da Operação Natal o vice-prefeito de Curitiba, Eduardo Pimentel; o comandante-geral da PM, coronel Péricles de Matos; o secretário municipal de Defesa Social e Trânsito, Guilherme Rangel; o chefe do Estado-Maior da PM, coronel Lanes Randal Prates Marques; o diretor da Guarda Municipal, inspetor Carlos Celso dos Santos; o vereador Thiago Ferro; o comandante do 1º CRPM, coronel Hudson Leôncio Teixeira, além de comandantes de unidades da PM, oficiais e praças da Corporação, membros da sociedade civil organizada e pessoas da comunidade. (Com assessoria)

Confira outros Posts