Destaques

Novembro Azul: Santa Casa realiza evento para prevenção à saúde do homem

O setor de oncologia da Santa Casa de Misericórdia de Ponta Grossa realizou, nesta sexta-feira (29), um evento para marcar o mês de prevenção à saúde do homem, dentro da programação do Novembro Azul. Pacientes, familiares, convidados e a equipe médica que realizada o tratamento contra o câncer estiveram presentes. O objetivo foi de frisar a importância de realizar os exames preventivos em relação ao câncer de próstata.

Segundo o médico Alexandre Guedes, que atua na equipe de tratamento oncológico, a incidência de câncer de próstata no homem é maior do que os casos de câncer de mama na mulher – que também foi alvo de campanha para prevenção dentro do Outubro Rosa. “Por isso é tão importante a prevenção. E um evento como este, dentro do Novembro Azul, é fundamental para levar informação que possa prevenir os casos de câncer de próstata”, ressaltou Guedes.

Exames simples

O médico relata que dois exames simples podem ser feitos para chegar a um rastreamento da doença. Um deles é o exame de sangue e o outro é o de toque retal. Caso um dos dois mostre alguma alteração na próstata, a avaliação prossegue para se chegar a um diagnóstico preciso. Guedes informa que homens a partir dos 50 anos devem fazer os exames anualmente. Já no caso de pacientes da raça negra, ou com casos de câncer de próstata na família, o indicado é começar os exames aos 45 anos, diante da incidência maior nesses dois casos.

Sobre o tabu que existe em relação ao exame de toque retal entre os homens, Guedes conta que ainda persiste, mas que é possível perceber um avanço. “Infelizmente ainda existe, mas a gente percebe ano após ano que isso vem diminuindo. Por isso a importância de eventos como este, que passa a informação. Todo homem também tem uma esposa, uma filha, que se preocupa, isso ajuda. Apesar de ter uma resistência, a evolução ao longo dos anos é visível”, expõe o médico.

Tratamento

A psicóloga do setor de oncologia da Santa Casa, Patrícia Ramos, lembrou da importância do evento promovido pela Santa Casa também no tratamento dos pacientes com câncer. “Conseguimos tirar os pacientes do local de tratamento, com uma tarde em que podem conversar, interagir, junto com os familiares também, e isso é muito importante”, destaca Patrícia.

O trabalho do tratamento do câncer é multidisciplinar, feito por vários especialistas, incluindo médico, enfermeiro, farmacêutico, nutricionista e psicólogo. Atualmente, mais de 100 pacientes estão em tratamento de câncer de próstata na Santa Casa. Número que aumenta com os pacientes com outros tipos de câncer. “Esse evento nos deixa feliz, porque existem pacientes de todos os tipos de câncer e que estão bem, com qualidade de vida, e é isso que a gente preza. Não basta simplesmente tratar, é preciso prezar pela qualidade de vida”, finaliza o médico Alexandre Guedes.

Confira outros Posts