Destaques

Paraná quer replicar modelo espanhol de integração tecnológica

O governador Carlos Massa Ratinho Junior visitou nesta quinta-feira (21) o centro de inovação [email protected], em Barcelona, na Espanha, e apresentou à equipe local o ecossistema de inovação do Paraná, que conta com 18 parques tecnológicos, programas de financiamento de startups e o circuito de universidades estaduais. O objetivo é estabelecer pontes entre as iniciativas do Estado e o distrito de pesquisa em urbanismo, educação, mobilidade e sustentabilidade, considerado um dos mais bem-sucedidos da Europa.

Ratinho Junior foi recebido pelo presidente do centro, Josep Miquel Piqué, que apresentou o projeto e o modelo de recuperação de áreas degradas nos municípios. O [email protected] é resultado da revitalização de 200 hectares de uma área industrial que era considerada obsoleta. O espaço foi transformado a partir da atração de projetos de pesquisa, conhecimento e inovação, e foi fundamental para revolucionar o ecossistema urbanístico, social e de inovação da cidade.

“Entendemos a metodologia utilizada em Barcelona para a instalação desse projeto. A ideia é integrar ainda mais as nossas universidades estaduais, nossos ativos, e também utilizar prédios ociosos do Estado e dos municípios para recuperar áreas degradas e aproximar mais os atores governamentais da iniciativa privada”, afirmou Ratinho Junior. “Podemos replicar essa iniciativa num formato mais modesto, mas que seja capaz de revolucionar algumas cidades”.

O governador acrescentou que a administração estadual pretende unir cada vez mais a produção científica das universidades (estaduais e privadas), as estruturas municipais e o setor privado em prol de uma agenda que gere soluções mais eficientes para as diversas áreas, na educação, saúde, turismo, infraestrutura e agronegócio.

Smart City

A visita aconteceu no âmbito da Smart City Expo Barcelona, maior exposição global sobre mobilidade, inovação, desenvolvimento urbano, transformação digital, inclusão e cidades compartilhadas. O congresso global abre espaço para cidades inteligentes de todo o mundo mostrarem suas experiências exitosas e promove debates sobre iniciativas que resultaram em serviços públicos mais rápidos e ambientes mais salutares e com mais conectividade.

[email protected]

O [email protected] é um projeto da prefeitura de Barcelona que foi concebido para funcionar como um distrito de inovação. A revitalização começou em 1990, na esteira da repaginação urbanística para as Olimpíadas de 1992. Todas as grandes universidades espanholas implantaram células na região, e os poderes públicos estadual e municipal deslocaram operações importantes de pesquisa e desenvolvimento para esse espaço. (Com assessoria)

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail, website ou empresa não serão publicados.

Confira outros Posts