Destaques

Vereadores cobram respeito da população ao trabalho que desempenham

Mais respeito por parte da população ponta-grossense ao trabalho que desempenham na Câmara Municipal. Esse foi o teor dos discursos de alguns vereadores durante a sessão desta quarta-feira (20) do Legislativo. Tais discursos começaram quando entraram em votação três projetos do vereador Pastor Ezequiel Bueno (PRB), que tratam de homenagens à Igreja Quadrangular, na qual exerce a atividade de pastor. As matérias criam o Dia da Igreja do Evangelho Quadrangular, o Dia do Pastor da Quadrangular e o Dia da Mulher Quadrangular.

Ocorre que o pastor autor das propostas foi alvo de inúmeras críticas de cidadãos que discordam das proposições. A maioria das críticas, feitas pelas redes sociais e whatsapp, é de que o parlamentar procura se promover com os projetos, e também de de que há assuntos mais relevantes à cidade do que os tratados nas matérias.

Pastor Ezequiel, por sua vez, justifica que é importante reconhecer e destacar as ações realizadas pela Igreja Quadrangular, e que acima de tudo, é preciso ser respeitado em suas ações como parlamentar. “É preciso ter respeito. O vereador precisa ser respeitado no trabalho que desempenha. Ninguém precisa concordar, mas o respeito é fundamental”, expressou, emendando que existem casos de pessoas que não gostam dele simplesmente por ser pastor. “Esses dias perguntei pra uma pessoa: por quê você não gosta de mim? Porque você é pastor, ela respondeu. Então, tem gente que não gosta de pastor, fazer o quê”, contou.

Pré-candidatos

O vereador Pietro Arnaud (Rede) também cobrou respeito aos parlamentares. Ele reclamou que há muitos pré-candidatos a vereador que usam as redes sociais e grupos no Whatsapp para tentar atingir a imagem dos vereadores. Pietro afirmou que tem filtrado as conversas que mantém via Whatsapp.

“Não vou responder mais quem só sabe criticar. São pré-candidatos a vereador e fazem críticas a todos nós. Temos que defender o Legislativo. Todos aqui trabalham, e mesmo que algum projeto não seja bom, é feito com a intenção de acertar. Por isso vou selecionar mesmo quem eu respondo, pra não perder tempo. Vamos respeitar as pessoas que exercem cargos e funções públicas”, argumentou Pietro.

“Só saio quando Deus me tirar”

Pastor Ezequiel agradeceu o apoio de Pietro e disse: “Aqueles que ficam batendo lá fora para não reeleger ninguém, quando chegam aqui não falam mais isso. Aí querem a reeleição”. “Só saio daqui quando Deus me tirar”, finalizou.

Outro vereador que pediu mais respeito ao trabalho que desempenha foi Jorge Magalhães (PDT), Segundo ele, é a duras penas que consegue atuar para dar assistência à saúde para a população que o procura, e que esta atuação precisa ser respeitada.

Os projetos que homenageiam a Igreja do Evangelho Quadrangular foram todos aprovados em definitivo pelo plenário e seguem para sanção do Executivo.

Foto: Kauter Prado\Câmara

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail, website ou empresa não serão publicados.

Confira outros Posts